UA-39063185-1 Trocando uma ideia: Gratidão

"O problema não é você estar preso ,e sim o que você faz com a liberdade !!!"

Diga não ao bloqueio de blogs
"O problema não é você estar preso ,e sim o que você faz com a liberdade !!!"

Digite seu E-mail e receba as atualizações deste Blog

Você poderá gostar também de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sábado, 24 de julho de 2010

Gratidão

“Porquanto, tendo conhecido a Deus, contudo não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças, antes nas suas especulações se desvaneceram, e o seu coração insensato se obscureceu.” Romanos 1:21
Gratidão. Uma palavra muito conhecida que expressa uma emoção, um sentimento de dívida emotiva de uma pessoa para com a outra.
É o ato de reconhecimento de uma pessoa por alguém que lhe prestou um benefício, um auxílio, um favor etc. Um sentimento que desperta um desejo de retribuir algo que lhe foi dado. No nosso relacionamento com Deus damos graças pelas bênçãos de nosso Senhor. Agradecemos por tudo que Ele fizera em nossas vidas. “Em tudo dai graças; porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco.” Tessalonicenses 5:18
“Bendize, ó minha alma, ao Senhor, e não te esqueças de nenhum dos seus benefícios.” Salmos 103:2
Habituamos-nos a expressar este sentimento de gratidão em nossos louvores, em formato de música; No Velho Testamento, ações de graças freqüentemente são citadas em relação à adoração musical (Neemias 12:46; Salmo 69:30; 100:4; etc.). Sob o Novo Testamento, louvamos a Deus com salmos, hinos e cânticos espirituais, com gratidão em nossos corações (Colossenses 3:16; veja Efésios 5:19-20). Na antiga aliança, ações de graças são mencionadas várias vezes quando se fala das ofertas e dos sacrifícios feitos pelo povo judeu (2 Crônicas 33:16; Salmo 107:22; Jeremias 33:11). Na aliança de Cristo, mostramos a gratidão em nossos sacrifícios e ofertas (2 Coríntios 9:11-12). Mas é importante lembrar que esse sentimento de agradecimento não deve ficar rotulado desta forma, pois sendo assim acabamos nos prendendo a emoção causada pela força que a sonoridade musical de um artista pode nos causar. Como referência podemos usar um artista de grande repercussão no momento ou um gênero como o Rock, rap, Pop,... Por exemplo. Bandas de rock ou hinos acompanhados por instrumentos musicais podem agradar ao homem, mas o Senhor, na Nova Aliança, pediu louvor que vem do coração, oferecido com a voz e os lábios do adorador que serve em espírito e em verdade (leia João 4:24; 1 Coríntios 14:15; Efésios 5:19; Colossenses 3:16; Hebreus 13:15). Importante lembrar que é preciso mostrar nossa gratidão a Deus em nossos atos também. Podemos mostrar nossa gratidão fazendo coisas que agradam a Deus. A nossa obediência reflete a nossa gratidão. Este trecho destaca a necessidade da santidade nas nossas vidas: “... educando-nos para que, renegadas a impiedade e as paixões mundanas, vivamos, no presente século, sensata, justa e piedosamente..." Tito 3:8 Tito (2:12). Paulo descreve os seguidores de Cristo como "um povo exclusivamente seu, zeloso de boas obras"Tito (2:14).Fala sobre a obediência a Deus em termos práticos: "Lembra-lhes que se sujeitem aos que governam, às autoridades; sejam obedientes, estejam prontos para toda boa obra, não difamem a ninguém; nem sejam altercadores, mas cordatos, dando provas de toda cortesia, para com todos os homens" (3:1-2). Ou seja, Render graças ao nosso Deus não é apenas sair por aí cantarolando, mas andar segundo a vontade de Deus. “Jesus deixa bem claro que aquele que o ama guarda os mandamentos de Deus.” Se me amais, guardai os meus mandamentos. ”João 14:15

"Tu sabes os mandamentos: Não adulterarás; não matarás; não furtarás; não dirás falso testemunho; não defraudarás alguém; honra a teu pai e a tua mãe." Marcos 10:19

Nenhum comentário:

Postar um comentário

.

.

.

.