UA-39063185-1 Trocando uma ideia: A força do pecado

"O problema não é você estar preso ,e sim o que você faz com a liberdade !!!"

Diga não ao bloqueio de blogs
"O problema não é você estar preso ,e sim o que você faz com a liberdade !!!"

Digite seu E-mail e receba as atualizações deste Blog

Você poderá gostar também de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

domingo, 12 de setembro de 2010

A força do pecado

“Ele vos deu vida, estando vós mortos nos vossos delitos e pecados, nos quais andastes outrora, segundo o curso deste mundo, segundo o príncipe da potestade do ar, do espírito que agora atua nos filhos da desobediência.” (Efésios 2:1-2)

A força do pecado está na vontade do homem. Uma vontade que nos domina de tal forma que quando nos damos por si já nos jogou precipício abaixo. Negar a si mesmo como diz Jesus é ter força para resistir ao pecado; é resistir a seu mais profundo desejo em nome daquele que você acredita ser o seu Salvador.
Mesmo estando dentro da igreja exercendo um ministério nos vemos lutando contra a força do pecado dentro de nós e às vezes perdemos algumas batalhas. Lembro-me do testemunho de um levita (cantor) americano conhecido no mundo por seus vários discos de sucesso, onde ele após anos de ministério pelo mundo assumiu sua fraqueza por pornografia. Foram anos Deus trabalhando em sua libertação.
A pergunta vem na hora. Como pode um ungido de Deus estar no pecado? Resposta fácil para quem conhece algumas personalidades bíblicas. Davi por exemplo cobiçou a mulher do próximo e através desta cobiça planejou a morte de alguém que creio eu confiava nele.
E podemos ver vários exemplos bíblicos onde ungidos de Deus sucumbem ao pecado.
Hoje o cenário não mudou. Vemos através da mídia grandes escândalos e através de comentário escândalos envolvendo ungidos próximo onde moramos. Seriam eles mesmos ungidos? Pode se perder a unção dada por Deus? Ou realmente a árvore se conhece pelo fruto e estes eram apenas lobos em pele de cordeiro (“Pecado é qualquer falta de conformidade com a lei de Deus, ou qualquer transgressão desta lei” Tg 2.10; 4.17; 1Jo 3.4). Pecado é tudo aquilo que vai de encontro à vontade de Deus, seja por pensamento, palavra ou atitude. Muito se tem escrito a respeito do pecado.
Com certeza é fácil apontar e condenar estes que não resistiram esta força interna e avassaladora dentro de nós. Mas e se nos colocássemos no lugar deles nosso julgamento seria diferente. Se tenho minhas fraquezas por que eles não? A verdade é que cada um de nós temos nosso espinho na carne. Cada um com sua fraqueza. Um não resiste à pornografia; outro as drogas, outro a bebida forte, alguns são mal dizentes,... São tantos os nossos pecados.
O apóstolo Paulo diz que a força do pecado é a lei (1Cor 15:56). É a lei pecado? Não! Simplesmente não conheceria o pecado por intermédio da lei. Não conheceria a cobiça se a lei não dissera "não cobiçarás".
As forças do mal estão presentes no nosso dia a dia, pois o inimigo está ao nosso derredor como diz na bíblia. Temos tudo a nossa mão para satisfazer a carne com muita facilidade. Até dentro da igreja. Fácil ver a cobiça (daquele que quer o que é do ungido), o mal dizente que não dispensa nem a vontade permissiva na vida de seu pastor.("O avisado vê o mal e esconde-se; mas os simples passam e sofrem a pena" Pr 27:12)
A verdade é que cada um tem a sua batalha interna para travar. Resistir à força do pecado é uma batalha duradoura, pois um dia estamos de pé e outro por falta de vigilância caímos.
Resistir a estas fraquezas não é tão fácil como se diz. Posso lhe dizer em versículos decorados para resistir ao inimigo que ele fugirá ou orar e vigiar constantemente, ou jejuar, enfim, muitas coisas, mas, resistir na verdade é um processo de libertação que depende de vários fatores espirituais e carnais. Mesmo com a interseção dos justos essa briga é individual contra você mesmo onde Deus se fará presente.

"Agora, pois, já nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus" - Romanos 8:1.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

.

.

.

.