UA-39063185-1 Trocando uma ideia: Agosto 2010

"O problema não é você estar preso ,e sim o que você faz com a liberdade !!!"

Diga não ao bloqueio de blogs
"O problema não é você estar preso ,e sim o que você faz com a liberdade !!!"

Digite seu E-mail e receba as atualizações deste Blog

Você poderá gostar também de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

domingo, 22 de agosto de 2010

Humor sem censura

Uma piada muito sem graça. Em época de eleição vivemos mais um momento em que nos vemos retornando a ditadura. Isso mesmo. Mais uma proibição. Como diria Bezerra da Silva, Já que somos "intimados a votar", que decisão tomaremos nas urnas? Que candidato está de nosso lado e até onde defende nossos interesses? Conhece a lei Eleitoral 9.505/97 ?

Aconteceu na praia de Copacabana RJ, hoje 22/08 uma passeata com mais de duas mil pessoas fazendo piada contra a decisão do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) o "Humor sem Censura". Embora o tribunal informe que se baseia na Lei Eleitoral (9.505/1997), nunca antes a proibição havia sido aplicada, como lembraram Cláudio Manoel, Hélio de La Peña e Marcelo Madureira, do Casseta e Planeta, programa que sempre fez sátiras de candidatos.
Também participaram do protesto o cartunista Jaguar, Castrinho, Lúcio Mauro Filho, Nelson Freitas (Zorra Total), Maurício Menezes (Plantão de Notícias) e o cantor Léo Jaime, entre outros. Danilo Gentili, do CQC, e Sabrina Sato, do Pânico, aproveitaram para gravar cenas que devem ir ao ar nesta semana.
A logomarca do Humor Sem Censura - um palhaço com a boca tapada por uma rolha - foi desenhada pelo cartunista Nani, ameaçado de processo pelo PT em julho, após fazer uma charge da candidata Dilma Rousseff como prostituta, comparando seu programa de governo a um "programa" conforme o gosto dos fregueses - no caso, partidos aliados, como PMDB e PDT.
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou comunicado nesta quinta-feira (12/08) se eximindo de culpa na aplicação de regra que proíbe montagens com políticos em programas televisivos ou radiofônicos. De acordo com o tribunal, “é absolutamente errônea a interpretação de que ele criou neste ano limitações aos programas humorísticos”.
O TSE esclarece que as regras, que valem a partir do dia 01/07 de anos eleitorais, estão previstas na Lei 9.505/1997, aprovada pelo Congresso Nacional e sancionada pelo presidente.
“O TSE é um órgão do Poder Judiciário e não tem competência para legislar”, diz o comunicado, acrescentando que seis eleições já foram realizadas com a restrição e que o Congresso já fez duas reformas eleitorais sem modificar essa norma.
O TSE tem sido alvo de críticas de veículos de comunicação e humoristas, que culpam o tribunal pela aplicação da regra.


Isso mesmo, mais uma vez nossos partidos políticos mostram ao que vieram.

domingo, 15 de agosto de 2010

A nova reforma protestante

" Se pois, toda a igreja se congregar num lugar, e todos falarem em línguas, e entrarem indoutos ou infiéis, não dirão porventura que estais loucos?" 1 Corintios 14:23


A revista Época número 638 de 06/08/2010 traz uma interessante matéria sobre essa nova reforma protestante (link da matéria na revista on line). A matéria mostra uma realiade que chega a ser preoculpante. Expõe o atual cenário "Cristão" que temos vivido atualmente. Cenário que se tornou possível graças aos escandalos que temos visto nestes últimos anos envolvendo nomes conhecidos no meio Cristão em relação a dinheiro, sexo, política, ... por aí. Seria bom se esta reforma tivesse a mesma visão de Lutero; mas esta traz uma certa dosagem de "modernismo Cristão" que traz uma preocupação a aqueles que levam o evangelho com respeito e dedicação. Realmente chegou a hora de darmos um basta em algumas coisas que temos visto em nosso meio, mas a dar um basta nas ordenancias de DEUS isso é a maior das burrices que um Cristão pode cometer. Como exemplo ignorar ou omitir o dízimo é ignorar uma lei sábia de DEUS ( " E esta pedra que tenho posto por coluna será casa de DEUS; e de tudo quanto me deres, certamente te darei o dízimo." GN 28:22). Ignorar a existência de uma igreja ou dar pouca nescessiade dela é apartar DEUS de de uma de suas criações mais sagradas e se rebelar contra uma de suas ordenancias ("Eles entrarão no meu santuário, e se chegarão a minha mesa, para me servirem, e guararão a minha ordenancia." Ezequiel 44:16 ). Bem verdade que podemos nos considerar(PESSOA) como uma igreja quando dizemos que nós ( 1 Corintios 3:17) somos a igreja de Cristo. Mas DEUS viu a nescessiade do homem em congregar e taí um dos motivos da existência das igrejas e um dos motivos da criação dos Dizimos e ofertas, ou seja para que não falte nada na casa do Senhor (Deuterononimo 31:12). O Pentateuco (cinco primeiros livros da bíblia) traz claramente estes e outros detalhes da vontade de DEUS. Mas esta nova geração de Cristãos traz uma nova filosofia, ou melhor uma catastrófica visão que é contrária aos planos de DEUS se baseando nos erros de outros e condenando muitos ao que DEUS determinou para os rebeldes que pecam como os feiticeiros ao entender do Senhor dos Exércitos("Porque a rebelião é como pecado de feitiçaria,"1 Samuel 15:23 e "... e aos feiticeiros, e aos idólatras a a todos os mentirosos, a sua parte será no lago que arde com fogo e enxofre; o que é a segunda morte." Apocalipse 21:8). Realmete na igreja primitiva era feito o culto de casa em casa e hoje também se faz assim, mas não deveria ser motivo para se descartar a existência da igreja. Assim como hoje, nos velhos tempos eram feito para DEUS o melhor, incluindo os templos. DEUS se agrada das melhores ofertas. Se o nosso melhor é um culto cheio de bençõas em um barraquinho 4x4 em uma periferia ou em uma grande e moderníssima construção em área nobre, não somos nós que avaliamos e sim DEUS que sonda corações. Se Jesus hoje usaria internet, TV, rádio, gravadora, ou sei lá que modernidade não sabemos, mas Ele teria princípios. Separar DEUS e igreja é um absurdo.
Precisamos arrumar a casa sim, mas estamos áptos para isso. Sabemos separar o joio do trigo? Temos um número enorme de filosofias modernas em nome de Cristo que na verdade só revela que temos vivido o que chamo de "Evangelho segundo eu", onde eu não me enquadro a vontade de nosso Senhor, mas Ele é que tem que se enquadrar as minhas nescessidades. Se sou rapper Jesus tem que ser; se sou surfista Jesus tem que ser; assim sucessivamente. Hoje porque me considero revolucionário Jesus também tem que ser. Pode até ser Jesus esse meu revolucionário mas em momento algum rebelde, pois sua palavra condena os rebeldes. Precisamos de líderes íntegros. Mas se nos consideramos integros então devemos lutar pela reforma protestante arrumando a casa e não dividindo ela com intrigas. Se nos encontramos desgastados com os atuais temas de pregação tradicionais ou renovados, o tal "show gospel" como chamam alguns, o que temos de melhor para oferecer? Rebeldia em nome de Cristo? Será que o problema não está em minha fé e obediência ("como filhos obedientes, não vos conformando com as concupiscências que antes havia em vossa ignorância;" 1 Pedro 1:14)?
Será que não estamos sendo envenenados por alguns escritores que se acham sábios demais para os planos de DEUS? O livro destes homens e seus ideais são mais valiosos que aquela bíblia que temos preguiça de ler? Através de sites, blogs e outros meios alternativos de comuicação/informação pessoas despreparas e astutas tem armado seu laço. Com toda essa mudança e sede de reforma precisamos tentar entender a vontade de DEUS. Falar com Ele é fácil pois Ele se inclina para nos ouvir como diz na bíblia, mas precisamos mesmo é aprender a ouvi-lo. Com certeza Ele não quer sua IGREJA dividida. Também sou contra alguns escandalos que aparecem por aí, mas não é me rebelando contra DEUS que vou fazer parte da solução do problema. Reforma sim. Sem bater contra a vontade de DEUS.
"Ajunta o povo, os homens e as mulheres, os meninos e os estrangeiros que estão dentro das tuas portas, para que ouçam e aprendam e temam ao Senhor vosso DEUS, e tenham cuidado de fazer todas as palavras desta lei;" Deuterononimo 31:12

sábado, 14 de agosto de 2010

Cicatrizes

"E se alguém lhe disser: Que feridas são essas nas Tuas mãos? Dirá ele: São as feridas com que fui ferido em casa dos meus amigos".Zacarias 13:1-6


“A cicatriz é o resultado de uma lesão da derme, geralmente em conseqüência de um acidente ou de uma incisão efetuada durante uma cirurgia.Se forma depois de um tempo após o corte; se o corte for de pequenas dimensões, a cicatriz dura poucos dias; se for grave, porém, a cicatriz pode durar a vida inteira.A cicatrização alivia a dor do corte, pois a pele se fecha novamente e só fica a marca do machucado.
Uma cicatrização pode se formar mais rápido se a pessoa se alimenta bem e pratica esportes (desportos). Cicatrização é o nome dado ao processo de reparo, o qual se faz à custa da proliferação do tecido conjuntivo fibroso, em que o tecido preexistente fica substituído por cicatriz fibrosa. Para muitos, o processo de cicatrização é considerado um seguimento do processo inflamatório que provocou perda de substância. Realmente, na inflamação, o reparo se faz presente desde a fase aguda. O reparo também ocorre após perda de tecido por infarto, hemorragias, por ressecção cirúrgica, etc.” – Segundo Wikipédia.
Cicatrizes... Quem é que não tem uma?
Marca esta que fica pelo resto da vida. Ficamos marcados física, espiritual e emocionalmente pelo resto da vida. Há feridas que podem ser abertas em nossa alma, em nossa memória, em nossas emoções, e em nossa mente. Somos marcados pelas nossas experiências vividas que afetam a alma e o corpo através de medo, mágoas, ressentimentos, angústias, tristezas... Fatais momentos que às vezes vivenciamos, feridas inconseqüentes, machucados reais, sofrendo relembramos. Momento este de quando a alma grita.
Pesa mais por dentro do que por fora. Assim como afeta a vaidade do físico afeta a integridade da alma. Costumo eu mesmo dizer que lembranças só a amnésia apaga. Chega a ser muito doloroso o corte das lembranças que geram a mágoa, o ódio, o ressentimento, a tristeza, o medo,... Entre tantas coisas que passa quem tem uma cicatriz por dentro. Precisamos que esta chaga no coração seja tratada. E na verdade quando somos orientados a buscar uma ajuda terapêutica, ou uma cura interior, já temos a resposta na ponta da língua: ”Meu psicólogo é Jesus”. ” Deus é meu psicólogo.” “Jesus é o médico dos médicos.”... Nós Cristãos nos tornamos os pacientes mais difíceis de serem tratados, pois colocamos a fé como uma barreira a cura. Pesquisas revelam que há um grande índice de pessoas que se dizem crentes que estão internadas em manicômios por resistirem a um tratamento específico na área emocional. Com certeza Jesus é o médico dos médicos, mas não podemos ignorar que ele tem sua equipe médica. Lucas era médico. Exercia a medicina. Receitava remédios e medicamentos aos enfermos e doentes. E o apóstolo Paulo, quando se referiu a Lucas em (Colossences 4:14), disse: “Lucas, o médico amado...” - Ele não disse: “Lucas o médico enganador”, porque ele sabia das nossas necessidades físicas, emocionais e terapêuticas. Ou seja, a cura interna também vem pelos caminhos humanos, pois Deus é perfeito e dá o talento.
(Isaias 53:4-5) Usando este texto alguns dizem que as nossas enfermidades e doenças foram levadas com Jesus na cruz. Por isso não precisamos de médicos, remédios, psicólogos, psiquiatras e tratamentos, bastam ter fé e aceitar a Jesus. É a mania de se usar um texto fora do contexto para se justificar um pretexto! A cura interior de feridas emocionais, a mágoa, o ressentimento, raízes de amargura que pode estar contaminando sua vida e ocupando o lugar da alegria do Espírito, purificação do pecado, eliminação das velhas marcas emocionais...
As cicatrizes do corpo são fáceis de controlar, passíveis de operar ou maquiar, mas... Essas mágoas do espírito, de um sofrer inconfundível que teimam em atormentar as almas fragilizadas, é com elas que sigamos nosso caminho, longa estrada aprendendo a conviver com estas cicatrizes. Dura jornada.
Muitas vezes, jovens que abandonam a casa, alunos que deixam a escola, esposos e esposas que procuram o divórcio, membros da igreja que negligenciam os cultos, empregados que desistem dos empregos, todos estão simplesmente procurando escapar da disciplina. Disfarça-se o verdadeiro motivo com mil desculpas, mas atrás desta frágil aparência está o âmago da aversão ao controle e a restrição. As emoções podem não obedecer imediatamente à vontade, mas as ações têm como fazê-lo. Em seu devido tempo, pela graça de Deus, as emoções seguirão o trilho de uma adaptação disciplinada, um propósito firme e uma adaptação disciplinada, um propósito firme e uma posição decisiva.
No mundo turbulento de hoje, Deus necessita de homens e mulheres disciplinados: soldados provados, verdadeiros, e prontos para a batalha! A situação do homem moderno pode-se resumir na sua luta para alcançar o caminho do comodismo. Sacrifício, disciplina, restrição: estas palavras representam “idéias” que dificilmente se encontram na nossa geração. “Se te mostras fraco no dia da angustia, atua força é pequena” provérbios 24:10.

"Um dia você aprende que não importa o quão boa seja uma pessoa, ela vai feri-lo de vez em quando e você precisa perdoá-la por isso."

sábado, 7 de agosto de 2010

União Homossexual

"Com homem não te deitarás, como se fosse mulher; abominação é; Nem te deitarás com um animal, para te contaminares com ele; nem a mulher se porá perante um animal, para ajuntar-se com ele; confusão é.Com nenhuma destas coisas vos contamineis; porque com todas estas coisas se contaminaram as nações que eu expulso de diante de vós. "Levitico 18:22-24

Proposta do Governador do Rio de Janeiro de reconhecimento legal da união estável de casais de gays e lésbicas será decidida pelo Supremo Tribunal Federal. A ação já recebeu parecer favorável da Advocacia-Geral da União, em junho. Não caberá aos ministros decidir se duas pessoas do mesmo sexo têm o direito de viver juntas, o que já é uma realidade no país. Segundo a ação de Cabral torna-se legal a união entre gays e lésbicas. Se aprovada dá a eles o reconhecimento como casal, mas não daria todas as garantias de um casal convencional como, por exemplo, adotar filhos. Não é a primeira vez que esse tipo de proposta chega ai STF, a própria Associação Parada do Orgulho Gay já ofereceu a proposta.
Hoje a Constituição Federal, em seu artigo 226, parágrafo 3º, estabelece que "para efeito da proteção do estado, é reconhecida a união estável entre o homem e a mulher como entidade familiar, devendo a lei facilitar sua conversão em casamento". Já o Código Civil, em seu artigo 1.723, reconhece como entidade familiar a união estável entre o homem e a mulher, configurada na convivência pública, contínua e duradoura e estabelecida com o objetivo de constituição de família. Em nenhum momento a união entre homossexuais é citada.
Casais do mesmo sexo hoje já têm alguns direitos legais como herança, plano de saúde, seguro e guarda de filho, mesmo não sendo reconhecidos como entidade familiar nos termos jurídicos. Isso faz com que, em caso de emergência, um homossexual não possa autorizar que seu marido ou esposa seja submetido a uma cirurgia de risco. Não podem somar renda para financiamento por exemplo. Pensão alimentícia em caso de separação não tem.licença maternidade e luto,visita intima em caso de prisão e declaração conjunta para imposto de renda também não tem.
No Rio Grande do Sul, os cartórios trabalham desde 2004 com uma norma que possibilitou aos casais homossexuais com algum tipo de união estável fazer um registro nesse sentido. Nesse estado, processos que envolvem relações homossexuais são julgados pela Vara de Família. Já o Rio de Janeiro foi, em 2007, o primeiro estado a conceder pensão a parceiros e parceiras de homossexuais. O governo lançou em 2006 o programa Brasil sem Homofobia, com o objetivo de combater a violência e a discriminação contra homossexuais. O próprio presidente Luiz Inácio Lula da Silva abriu, em 2008, a 1ª Conferência Nacional de Gays, Lésbicas, Bissexuais, Travestis e Transexuais, em Brasília. Lula não possui, porém, um bom histórico em relação aos homossexuais -- em 2000, o petista chamou a cidade gaúcha de Pelotas de "pólo exportador de veados". Desde 1996, o Congresso tem entre seus projetos uma proposta, de autoria da ex-ministra do Turismo, Marta Suplicy, que autoriza a parceria civil entre homossexuais no Brasil. Em todos esses anos, a proposta sequer chegou a ser votada. Caso fosse aprovada reconheceria, no papel, a união de casais do mesmo sexo, o que já existe na prática. Na Holanda, desde 2001, os direitos de casamento valem para todos os cidadãos, sem distinção, no texto da lei, entre homossexuais e heterossexuais.
Está tramitando no Congresso Nacional o Projeto de Lei nº 2285/2007 que, além de outras coisas, pretende legalizar o casamento gay no Brasil. Veja o capítulo IV deste Projeto de Lei.
CAPÍTULO IV
DA UNIÃO HOMOAFETIVA
Art. 68. É reconhecida como entidade familiar a união entre duas pessoas de mesmo sexo, que mantenham convivência pública, contínua, duradoura, com objetivo de constituição de família, aplicando-se, no que couber, as regras concernentes à união estável.
Parágrafo único. Dentre os direitos assegurados, incluem-se:
I – guarda e convivência com os filhos;
II – a adoção de filhos;
III – direito previdenciário;
IV – direito à herança.
Para a Igreja da Comunidade Metropolitana Em nota, a ICM afirma ser atenta “ao fato de que todo amor vem de Deus” e que “invoca sobre estes casais as bênçãos divinas para que seu relacionamento seja no mundo um sinal visível da presença de Deus entre nós”. Na verdade uma distorção da palavra de DEUS, isso acontece quando pegamos um versículo isolado usamos com filosofia de vida esquecendo de todo o conteúdo da bíblia para satisfazermos nossa carne.
Já segundo a vontade de DEUS ficamos com 1corintios 6:9-20
"Não sabeis que os injustos não hão de herdar o reino de Deus?
Não erreis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus.
E é o que alguns têm sido; mas haveis sido lavados, mas haveis sido santificados, mas haveis sido justificados em nome do Senhor Jesus, e pelo Espírito do nosso Deus.
Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm. Todas as coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhuma.
Os alimentos são para o estômago e o estômago para os alimentos; Deus, porém, aniquilará tanto um como os outros. Mas o corpo não é para a prostituição, senão para o Senhor, e o Senhor para o corpo.
Ora, Deus, que também ressuscitou o Senhor, nos ressuscitará a nós pelo seu poder.
Não sabeis vós que os vossos corpos são membros de Cristo? Tomarei, pois, os membros de Cristo, e fá-los-ei membros de uma meretriz? Não, por certo.
Ou não sabeis que o que se ajunta com a meretriz, faz-se um corpo com ela? Porque serão, disse dois numa só carne.
Mas o que se ajunta com o Senhor é um mesmo espírito.
Fugi da prostituição. Todo o pecado que o homem comete é fora do corpo; mas o que se prostitui peca contra o seu próprio corpo.
Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos?
Porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois, a Deus no vosso corpo, e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus."
A lei de Deus é um preconceito humano como os gays dizem que é?
Se apenas não concordamos com ato do homossexualismo segundo a Lei de Deus,
Porque dizem que somos preconceituosos?
Não somos preconceituosos por crermos na lei de Deus.
A Bíblia nos orienta a termos nossa própria família, pois Deus não nos fez para ficarmos sós. O homem deve casar-se com uma mulher e vice-versa.
A Bíblia abomina a união de duas mulheres ou de dois homens. "Nenhum homem deverá ter relações com outro homem; Deus detesta isso." Levítico 18:22.
Na verdade que DEUS abomina tal união. Erramos quando separamos DEUS da Igreja. Colocamos essa recusa como sendo da igreja e não de DEUS. Acusamos a igreja e qualquer outro que segue a bíblia de preconceituosos e ultrapassados. Pecamos nisso. A igreja é de DEUS. A lei e a vontade são de DEUS. Pecamos ao separar DEUS da Igreja.
"Disse mais o SENHOR: Porquanto o clamor de Sodoma e Gomorra se tem multiplicado, e porquanto o seu pecado se tem agravado muito, "Gen 18:20
"E, semelhantemente, também os homens, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para com os outros, homens com homens, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a recompensa que convinha ao seu erro.” Romanos 1:27

.

.

.

.