UA-39063185-1 Trocando uma ideia: 7 de Setembro

"O problema não é você estar preso ,e sim o que você faz com a liberdade !!!"

Diga não ao bloqueio de blogs
"O problema não é você estar preso ,e sim o que você faz com a liberdade !!!"

Digite seu E-mail e receba as atualizações deste Blog

Você poderá gostar também de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

7 de Setembro

"Ergue-te, levanta o menino e pega-lhe pela mão, porque dele farei uma grande nação." Gênesis 21:18

A história da independência do Brasil todos ouviram falar na escola e com certeza poucos lembram de detalhes importantes. Não é para menos, pois é só olhar ao nosso redor e fica justificado a aminésia patriótica. Segundo a história nos tornamos independentes. Deixamos de ser colonia de Portugal. Momento em que reflito sobre independência. Olho ao meu redor e vejo ao invés de nossa bandeira verde, amarela, azul e branca; a bandeira do Tio Sam que impera. Como naquelas cenas em que o vencedor finca sua bandeira para mostrar o domínio do território, assim o fizeram aqui. Maior parte da cultura que absorvemos é americana. Música, filmes, idioma ensinado para crescimento profissional, etc...
Observo os gringos (cresci fazendo isso) e noto que eles são patriotas. Exibem sua bandeira a todo momento. Vídeos clips, filmes, seriados, desenhos, HQ, dias festivos, escola, ... sempre.
A cor da bandeira acompanha os americanos desde a infância nos modestos desenhos animados como pica pau, Super homem, Capitão América, ... Acompanha os adolescentes nas capas de CD's e vídeos de seus cantores. Realidade não praticada no Brasil. Ou melhor, praticada erroneamente, já que vestimos a bandeira do Tio Sam e não os arranjos de penas Tupiniquins.
"Eis que um povo vem do norte; uma grande nação e muitos Reis se levantarão dos extremos da terra." Jeremias 50:41
Que independência é essa se deixamos de ser colonia dos Gajos e nos tornamos colonia do Mister Tio Sam.
Falo por mim que também fui criado assim como qualquer brasileiro (somos frutos do meio em que vivemos). Amo de paixão Michael Jackson, vibro quando vejo esse cara dançar. Aqueles passos de James Brown, o rítimo de Wu Tang Clan, as distorções de guitarra nas mãos de Jimmy Hendix, os grandes letreiros Hollyhoodianos com os nomes de Stallone, Van Damme, Schwarzenegger, as páginas dos quadrinhos de um alienígena americanizado que veio de Krypton, o jovem estudante mordido por uma aranha radioativa, o grupo de mutantes perseguidos pelo governo, ... o lanche do palhaço que oferece o melhor do mercado, o refrigerante mais gostoso da Terra. Você também lembrou não? Até comemoramos o Presidente negro americano eleito.
Nas premiações classificamos os gringos como os melhores do mundo. Você já viu ou ouviu o que os demais países produzem para comparar? Quando premiamos os brasileiros restrimos ao simples "melhor do Brasil".
Onde entra a turma da Mônica, Sítio do pica pau amarelo, Racionais Mc's, Titãs, Tropa de Elite,...?
A nossa bandeira exibimos somente em copa do mundo. Claro, somos o país do futebol.
Essa é uma data que sempre reflito...
                                                                          Independência?
 "Deixa-me que os destrua, e apague o seu nome de debaixo dos céus; e te faça a ti nação mais poderosa e mais numerosa do que esta." Deuteronômio 9:14

Um comentário:

.

.

.

.