UA-39063185-1 Trocando uma ideia: Hora do Espanto

"O problema não é você estar preso ,e sim o que você faz com a liberdade !!!"

Diga não ao bloqueio de blogs
"O problema não é você estar preso ,e sim o que você faz com a liberdade !!!"

Digite seu E-mail e receba as atualizações deste Blog

Você poderá gostar também de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sábado, 22 de outubro de 2011

Hora do Espanto

Remake que conta a história de Charley (Anton Yelchin), um jovem que acredita que seu vizinho Jerry Dandrige (Colin Farrell) é um vampiro. Sua mãe Jane (Toni Collette) não acredita nele e sendo assim, ele só poderá contar com Peter Vincent (David Tennant), um mágico de Las Vegas que diz ser especialista em vampiros.
A estreia do remake de A HORA DO ESPANTO foi alterada de outubro para um lançamento em 19 de agosto de 2011. Coincidentemente, o original, dirigido por Tom Holland, também foi lançado em agosto de 1985.
A primeira versão do filme é considerada um dos maiores filmes de terror cômico de todos os tempos. A história de Charley fez sucesso na década de 80 com a parte 1 e 2 e retorna na versão 3D que não deixou nada a desejar, incluindo a trilha sonora que dá o tom de originalidade e leva aos fãs que assistiram os filmes de vampiros dos anos 80 uma alucinante viagem no tempo e nos faz esquecer essas novidades vampirescas da nova era. Vale lembrar aos fãs de Crepúsculo que este filme não é nenhum tipo de romance com vampiros em crise de indentidade.
A muito que não se vê nas telonas o bom e velho conceito do gênero. Passamos décadas vendo sociedades estranhas e explicações bizarras deste mundo que encanta muitos mundo a fora. Esperamos que este Remake traga o encanto de volta. Chega de crises de indentidade, sociedades modernas e herois sem noção. Fã de vampiros querem é ver o que a Hora do espanto mostra.

Nessa febre de Remake a Hora do Espanto se tornou fiel a proposta original.



Estréia de 1985

Parte 2 - continuação de 1988

 Remake de 2011

Nenhum comentário:

Postar um comentário

.

.

.

.