UA-39063185-1 Trocando uma ideia: Setembro 2011

"O problema não é você estar preso ,e sim o que você faz com a liberdade !!!"

Diga não ao bloqueio de blogs
"O problema não é você estar preso ,e sim o que você faz com a liberdade !!!"

Digite seu E-mail e receba as atualizações deste Blog

Você poderá gostar também de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

terça-feira, 27 de setembro de 2011

De volta para o passado

Uma amiga hoje estava em pranto. Seu passado a atormentava. Dedos acusadores a apontavam impiedosamente. Lamentava-se ela do peso de erros passados e o peso da condenação.  
No exato momento em que resolveu no presente fazer um futuro diferente, bate de frente com o passado.
Imagine-se tentando recolher os cacos da vida, e com estes mesmos cacos, remodelar um novo trajeto.
A coisa mais fácil é, por exemplo, quebrar um copo, prato, vaso,..., qualquer um faz. Fazemos isso com nossas vidas com atos errados. Metemos os pés pelas mãos satisfazendo nossas vontades, que muitas vezes são mais fortes que nós, e claro, colhemos os frutos. Frutos estes que muitas vezes nos fazem um mal enorme.
O mundo jaz do maligno e acabamos fazendo parte  dele. 
Entregamos-nos com prazer. 
Construímos nossa fama. 
Amarga fama é verdade.
Quem não é visto não é lembrado diz o ditado. E acabamos sendo mal vistos e mal lembrados claro.
Uma vez ladrão, será sempre lembrado por muitos como tal.
Uma vez prostituta, também seguirá a mesma regra de julgo da sociedade.
Ficamos marcados pelo passado. Até na tentativa de mudar somos lembrados como ex alguma coisa (nas igrejas cristãs temos muitos testemunhos assim de ex alguma coisa).
Não importa o presente e menos ainda o futuro, o passado sempre pesa mais. 
Inevitável.
Julgamos conforme somos julgados.
Nesse mundo onde julgar é de imediato e compreender se torna desnecessário, penso em minhas experiências de vida.
Em meio a tantos boatos da vida alheia observei algumas coisas.
Entre estas coisas que observei percebi que as coisas não são o que aparentam ser.
As promiscuas (para não dizer outro nome) não são o que dizem e as puritanas não são tão puritanas assim.
Os que levam a fama só a levam dos que a dão para encobrir os acusadores.
Esta pratica da vida (o dedo acusador) que tanto acontecem dentro e fora das igrejas fere quem faz planos para esquecer o passado, corrigir no presente para mudar a vida futura.
Fere sonhos, fere esperança e fere a crença em geral.
Aquela tentativa de recolher os cacos e reconstruir tudo de novo é tão valioso que só sendo um tolo para ignorar e continuar acusando.
O passado para muitos ainda dói.
O nosso dedo acusador nos afasta de um DEUS que buscamos.
Esse dedo acusador nos torna desumano.
Quem somos nós para proporcionar ao próximo esta desagradável viagem de volta para o passado, se até DEUS diz que se nos arrependermos de nossos pecados, ELE não se lembraria?
"Porque serei misericordioso para com suas iniqüidades, E de seus pecados e de suas prevaricações não me lembrarei mais."                                        Hebreus 8:12

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Amor de verdade

Este vídeo é mais um grande sucesso do YouTube. Me mostraram ele hoje e confesso que amei. Muito boa a música, a letra, a história do clipe, tudo perfeito e emocionante. O final é surpreendente. Com a música Because I'm a Girl, a banda Coreana Kiss durou pouco mais de um ano. Os fãs desse vídeo esperavam uma continuação e até mesmo um filme, mas não aconteceu.
Dedico aos apaixonados.

domingo, 25 de setembro de 2011

Conan o bárbaro

Criado por Robert E. Howard, Conan o bárbaro volta as telas. Na pele de Jason Momoa, o "herói" Cimério retorna em efeitos 3d, mais próximo dos Quadrinhos.
Para quem conhece o Conan interpretado por Arnold Schwarzenneger na década de 80, é inevitável a comparação e cair na real que os dois são bons e bem diferentes.
O personagem que veio da literatura Pulp para o grande sucesso das HQ com suas histórias bárbaras rodeadas de mistérios, magias e muito sangue atravessa gerações.
Este novo Conan embora esteja mais próximo das HQ, ainda ficou devendo um pouco, mas não deixou de ser um dos melhores Remakes prometidos. Dirigido por Marcus Nispel, ele traz ótimos efeitos abusando da tecnologia.
Vale assistir tanto o Conan com Mamoa como o Conan com Schwarzenneger.

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Jesus sarado (Remake)

"Porque foi subindo como renovo perante ele, e como raiz de uma terra seca; não tinha beleza nem formosura e, olhando nós para ele, não havia boa aparência nele, para que o desejássemos.”(Is.53.2)
Quando pensamos que já inventaram de tudo vem alguém e nos diz que tem novidade. 
Jesus sarado é uma série de desenhos de um Jesus modernizado. Um messias mais forte e agradável aos olhos dos jovens segundo o criador da idéia.
O autor dos desenhos, o artista Stephen Sawyer, de 58 anos, criou o projeto Art4God para tentar aproximar os jovens da religião.
Segundo ele é uma referencia da bíblia. "Dificilmente poderiam ter narrado cenas como o ataque de Jesus aos mercadores do templo se o protagonista da história fosse um fracote, era um carpinteiro da classe trabalhadora. Com certeza o seu corpo era forte e musculoso, porque essa era a sua ferramenta de trabalho."
Sawyer tem viajado pelos EUA dando entrevistas e fazendo novos adépitos ao seu movimento Jesus sarado. Uma nova forma de se evangelizar.
Uma onda de estratégias para conquistar fiéis praticadas nos EUA e sendo copiadas aqui no Brasil chega a assustar. Campanhas absurdas (votos de tolo), bingos (jogatinas), hábitos culturais e linguagens chulas como Cd's cheio de ira e palavrões como forma de evangelismo, igreja gay, entre tantas imundices com o tal do "não tem nada a ver" justificado com um trecho de versículo isolado e distorcido que se espalham mundo a fora em nome de DEUS.
Penso eu: "Será que já estão pensando em algum Remake da Bíblia?"
Vejo que assim como o cinema americano tem renovado as histórias dos seus grandes personegens, estão querendo renovar (Remake) os personagens da bíblia para agradar os fãs (fieis). Entraram na lógica errada que para aproximar as pessoas de DEUS e vice versa seja nescessário uma mãozinha extra.
DEUS está ficando ultrapassado. Jesus não desperta mais o mesmo interesse ao mundo. Os mandamentos assim como as leis humanas estão arcaicas e não serve mais a uma sociedade que mudou, talvez até precise ser digitalizado para suprir a demanda da era digital. 
Na internet alguns já expõem suas idéias:
"Tipo jesus life rulando por ae em cima de uma moto com seus apostolos tipo moto clube e pans, e tudo se passando no Arizona, altas treta e pans, dai ele conhece maria madalena (Garçonete), so que ai o Satan rival de outro moto clube rouba ela dele e la vai a Jesus MC atras do Capeta..... e assim vai, ia ser massa." diz jovem na net.
"Jesus headbanger esse daí....agora só falta colocarem-no em cima de uma Harley Davidson ao som de Born To Be Wild....
Aí sim..." diz outro.

"contagem regressiva para jesus emo ou gay...e ainda vao defender isso com unhas dentes..e puxoes de cabelo...", 
"Sei não hein, esse Jesus tá muito moderno, tô achando que é pra atrair outro público. Nossa tem até tatu, e quem usa tatu já viu né...", as opiniões se espalham mundo a fora...
Um Remake da bíblia vem se alastrando.


 O mundo não tem limite...

"Porque foi subindo como renovo perante ele, e como raiz de uma terra seca; não tinha beleza nem formosura e, olhando nós para ele, não havia boa aparência nele, para que o desejássemos.”(Is.53.2) 

Ilustrações mostram o desejo bizarro de uma nova geração de adoradores que desconhecem as escrituras.

Robocop

Sucesso da década de 80 vai ser refilmado (remake). Na linha de frente desse projeto se encontra o nosso brasileiríssimo José Padilha. Segundo ele, será abordado temas que não foram abordados anteriormente. Promete dar uma nova cara a história sem deturpar o heroi. Não que eu não confie no talento de Padilha, mas essa onda de Remake não me desce ainda. Tenho até medo. Vejo como uma tentativa de melhorar o que já foi feito. No caso de Robocop entre outros filmes não vejo o que melhorar. Acho um desrespeito aos profissionais que fizeram a arte. É como pegar uma grande pintura de um desses pintores do século passado e refazer.
Já pensou em um remake da Monalisa?

Foto montagem José Padilha/Robocop

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Nascer de novo

Nascemos de novo quando  todo o tormento passa. Quando passa tudo aquilo que veio para nos destruir e na verdade descobrimos que serviu para nos fortalecer, pois a vida é assim, aquilo que não nos mata nos fortifica.
Imaginamos cada momento ruim que gostaríamos de esquecer, mas nossa mente e coração não nos permitem. O ato de olhar para trás, o desejo de mudar tudo se pudesse voltar no tempo, o gosto amargo da dor. Para aqueles que se levantam a glória de dizer o aprendizado que teve com a experiência por mais desagradável que fosse.
Enfim, nascemos de novo para um novo amanhecer.
Rumo a uma nova vida.
Tentar de novo com medo que a felicidade não exista.
Um erro fatal o de trancar a porta da felicidade. Não se entregar de novo a um novo amor, seja ele novo ou renovado pelo perdão.
Poder olhar com os olhos apaixonados a simplicidade da vida.
Uma vida calejada pela experiência é a tão contada pelos mais velhos como uma vida bem vivida.
Quantas vezes nasceram de novo uma pessoa com 20 anos de vida, uma com 40 anos e até mesmo 90 anos? Quantas histórias estas três fases citadas tem a contar de momentos felizes e tristes, indas e vindas?
Assim como o mito Fênix, renascemos das cinzas. Começamos do zero se for preciso e damos continuidade à vida nascendo de novo.
Mudamos nossos pensamentos, crenças, gostos, sentimentos,... O processo de geração até o dia do parto pode ser longo para uns, mas chega aquele dia.
A dor do parto é chegada. O dia em que a "ficha" cai. O dia do basta. Dia em que se sacode a poeira. Não há mais lágrimas a ser derramada... Chega né?
Como diz a música: 'daqui para frente vai ser diferente".
A poesia volta a fazer sentido.
O nascer do sol volta a ser comparado a uma nova esperança.
Nota-se que há mais estrelas do que se pensava e que são lindas contrastando com a escuridão da noite na companhia da mais bela lua refletida no mar que estronda beirando a areia e as pedras espalhando sua marisia inigualável a qualquer produto das maiores perfumarias do mundo.
Nascer de novo causa no homem uma força irresistível de viver.
É tentar de novo, mesmo ainda inseguro.
Tirar as rodinhas da bicicleta. Confiar que agora vai.
Experiência de vida se torna fundamental para quem renasce.
Lembrar que mesmo que as flores murchem, as lembranças permanecerão.
Recordações que um dia elas foram belas e de que de onde elas vieram tem mais.
Tem mais vida para ser vivida.
Tem mais experiência a ser adquirida.
Como é boa a tentativa... Sempre erro, mas vale mais uma tentativa.
Colocaria a frase "sou brasileiro e não desisto nunca" como hino, e como trilha sonora de um filme daqueles que dão seqüência tipo parte um, parte dois, parte três,... só para ver e mostrar como prossegue uma vida bem vivida.
Nascer de novo se torna um ato de amor.
Amar. Ser amado. Se amar. Amor a vida.
Nascer de novo é decidir que as coisas vão mudar.
Veja bem, eu disse decidir.
Eu quero, eu posso, eu vou conseguir nascer de novo para a vida.
Quero nascer de novo a cada dia que nasce, quero ser outra vez novo.
"Dedicado a alguém especial."
"Ninguém pode livrar os homens da dor, mas será bendito aquele que fizer renascer neles a coragem para suportá-la." Selma Lagerlof

domingo, 18 de setembro de 2011

Ninguém se importa

Tem momentos que você perde a inspiração.  Nenhuma idéia vem a mente. Por mais que você tente, o papel em branco corre o risco de ficar em branco.
Ainda bem que isso só acontece por momentos. Nesse momento nada veio a mente, até que fazendo minha leitura diária na Net encontrei algo no Blog Sei que Deus existe , que sigo já faz um tempinho e com gosto, li algo que momentaneamente reflete o que estou sentindo e resolvi compartilhar. Autora Patrícia Galis.


"Alguém ai se importa???????


Quanto tempo alguém não me pergunta de (Verdade) como estou?
O que sinto....
Quero.....
Desejo....
Sonho...
Não lembro quando foi a última vez que alguém parou para
me ouvir, mas ouvir mesmo, olhando nos olhos....
Para quem vou contar minhas dores....
Minhas angustias...
Meus medos....minhas frustrações.
Até tentei falar com uma pessoa mas do nada ela
mudou o assunto...desisti ela nunca me ouve mesmo,
Será que alguém se importa?
Faz tempo que não me ligam e perguntam como estou,
se o fazem é para pedir algo....
Mas e eu???

Estão todos apressados, envolvidos em seus problemas,
sei que cada um tem, suas próprias angustias...
Mas custa olhar um pouco ao redor, perceber que estou
aqui...EU ESTOU AQUI.....socorro...alguém pode me ouvir..
Se você me ouvisse eu poderia fazer o mesmo por você seria
tão bom, não ser monologo e sim um dialogo.

NINGUÉM SE IMPORTA!

Oláaaaa estou aqui........
To cansada......eu existo, mas ninguém percebe, se o fazem é superficial,
acho que vou dormir,

Afinal..quem se importa??????????"

(Autor:Patricia Galis)

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Liga da Justiça 2011 Game

Para quem gosta de games e está acompanhando a produção do filme Vingadores e espera que a DC Comics consiga levar para as telonas os seus maiores personagens da HQ. Liga da Justiça em uma grande sequencia dos games modernos. Muito bom este vídeo que vale de inspiração para um filme da Liga.

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Lista Fechada

Muito se fala a anos em reforma política em nosso país. Bem verdade que muitas leis precisam ser revista por estarem arcaicas e as mudanças ocorridas em nossa sociedade no decorrer do tempo. Toda a população tem na ponta da língua o que tem que ser mudado e o porque. Desde a pequenos detalhes a grandes acontecimentos fica notório o que a população brasileira nescessita que mude. Na urna votamos naqueles que dizem ser nossos representantes e acabamos descobrindo que as promessas feitas eram mentiras. Nossos representantes planejam a reforma política conforme a nescessidade de seus partidos e não como clamaram nos palanques deste país.
Entre tantas proposta que se viram contra nós, uma das que para os nossos partidos políticos colocam como prioridade está o da lista fechada. Tantas prioridades a serem trabalhadas para ontem e eles querem na frente o que os beneficiam.
Deputados e Senadores planejam convocar um plebiscito em 2012 para decidir o voto em lista fechada.
O eleitor deixa de votar em um candidato e passa a votar no partido que já tem sua própria lista de candidatos. Países como Argentina e Portugal já funciona com esse sistema, o que faz alguns especialistas no assunto a concordarem com a proposta. Para outros especialistas isso fortaleceriam os "grandes" partidos e colocaria a política mais longe do povo.
Para um país onde se diz que o povo não sabe votar, isto parece uma forma de se decidir por ele, assim como um pai e mãe decidem pelos filhos menores de idade. "Já que o povo não sabe escolher, escolhemos nós" - Se colocariam os partidos nessa posição. É mais fácil escolher pelo povo do que ensiná-ĺos a votar.
Os poderosos e corrúptiveis se beneficiariam muito com esse sistema.
Leis que precisam ser modificadas para ontem ficam para trás da fila simplesmente porque nossos partidos que dizem nos representarem, novamente colocam seus interesses pessoais na frente das promessas feitas em prol da nescessidade da população de um país que merece respeito e dignidade.

domingo, 11 de setembro de 2011

A guerra continua...


Nas minhas andanças pela Net venho observando o quanto a guerra entre grupos de pessoas que dizem adorar o mesmo DEUS tem aumentado. Nas esquinas frequentadas por aí a fora ou nas páginas virtuais é notório o quanto nos condenamos diante desse DEUS que alegamos servir. Acabamos agredindo e sendo agredidos. Basta apresentarmos nossa visão e pronto. Estar de frente na liderança pode nos tornar alvo dos que discordam de nossa visão. Independente dessa liderança ser de um ministério "grande" ou "pequeno", a afronta é a mesma, mas o impacto passa a ser proporcional, pois a quem muito é dado é cobrado.
Vou citar o que vi recentemente.
A igreja Universal volta a ser criticada (novidade). Desta vez por ter apresentado em seu programa uma das integrantes do grupo Diante do Trono ter caído (endemonmiada) diante de um pastor estrangeiro.  A igreja Universal usou este "incidente" para comprovar e afirmar que 99% dos cantores evangélicos são endemoniados. Claro que ouve reação do outro lado. No meio desta guerra já citam que é devido ao conflito das emissoras Rede Globo e Record e contratos assinados pelas gravadoras concorrentes. Para muitos os 99% incluem os próprios artistas da Igreja Universal.
O bispo Edir Macedo lembra que a árvore se conhece pelo fruto. Em parte concordo com o bispo, não em porcentagem, mas o que tem de cantores que se dizem levitas apegados a dinheiro e envolvidos em algum tipo de escândalo... Detalhe que se destacam os que mais alcançaram sucesso. Alguns desrespeitam os "colegas" de trabalho; outros querem ver a cor do dinheiro; para uns satisfazer o ego é suficiente. Muitos vibram e acreditam no entusiasmo que estes passam.
Não vou muito longe, mas quando você viu os Grandes nomes da música ou pregação num evento gratuito ou barato na periferia? 
Não vale época de eleição!
Outro envolvido na guerra é o pastor Silas Malafaia que em pregação classificou os blogueiros como filhos do diabo. 
Roda na Net um vídeo editado de quase dois minutos onde neste trecho ele chama os blogueiros de filhos do diabo. Ainda não vi esta pregação, mas baseado em outras e coisitas mais que vejo na net, só lamento por ele ter generalizado, mas é verdade que tem muita gente suspeita largando o dedo em tudo e em todos em nome de Cristo.
Talvez seja o peso da liderança. Se vai para a direita alguém reclama e se vai para a esquerda também reclamam.
A guerra "santa" prossegue dia a dia e agora ganhou uma forte aliada; a internet. As más notícias se espalham tão rápido quanto a velocidade da luz. Os escândalos em que se envolvem nossos "líderes" cristãos aparecem em grande escala em toda parte do mundo. 
Ninguém escapa! 
Eita net !
Estou começando a sentir saudades das Boas Novas.


sexta-feira, 9 de setembro de 2011

11 de Setembro

"Dia de Trombeta e de rebate contra as cidades fortes e contra as torres altas." Sofonias 1:16
 No dia 11 de Setembro de 2001 uma das maiores tragédias da história chocou o mundo. Os EUA até então conhecido como super potência foi vítima de seus inimigos.  19 membros da Al-Quaeda tomaram o controle de quatro aviões  e lançaram num ataque suicida um avião contra uma das torres do World trade Center e em seguida o outro avião contra a outra torre. O terceiro no Pentágono e o quarto no Estado da Pensilvânia. Por ordem de Bin Laden seu lider que foi assassinado anos depois. Foi o maior ataque terrorista desde então. Entre muitas especulações e segredos do governo o que ficou para o mundo foram as fortes imagens e para os familiares e cidadãos sobreviventes daquele dia uma dor talvez inconsolável. Dizem estudantes bíblicos este momento ter sido previsto no livro de Daniel capítulo 8. Outros estudantes fazem ligações aos Illuminati. Uns citam numerologia e há aqueles que encontram revelação em outros livros. Especulações a parte, vivemos com os fatos.
Dez anos depois, as imagens continuam fortes e dolorosas. Muitas perguntas ecoam pelo mundo e talvez a maior seja dirigida a DEUS. Por que ?
Aviso aos entendidos de plantão que a única resposta que não aceito é que foi a "vontade permissiva de DEUS", esta justificativa sempre me dá nojo. Me pergunto se é vontade de DEUS estas coisas. Através de sua vontade Ele permite isso? Não creio que seja vontade de Deus que seus filhos se matem. Vontade e estupidez sim do homem.
Enfim, as fotos ainda chocam.

Desesperados, vítimas se jogam das torres

Bombeiros tentam controlar a situação

O Pentágono atingido

Momento em que segundo avião se choca com a outra torre

 Para uns, a face do Demônio se revela

Momentos do ataque

 Anos depois americanos comemoram a morte de Bin Laden.

"E em todo o monte alto, e em todo o outeiro levantado, haverá ribeiros e correntes de águas, no dia da grande matança, quando caírem as torres." Isaias 30:25



"Se eu te adorar por medo do inferno, queima-me no inferno. Se eu te adorar pelo paraíso, exclua-me do paraíso. Mas se eu te adorar pelo que Tu és, não escondas de mim a Tua face”. (Rabia 800 D.C.)
 

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

7 de Setembro

"Ergue-te, levanta o menino e pega-lhe pela mão, porque dele farei uma grande nação." Gênesis 21:18

A história da independência do Brasil todos ouviram falar na escola e com certeza poucos lembram de detalhes importantes. Não é para menos, pois é só olhar ao nosso redor e fica justificado a aminésia patriótica. Segundo a história nos tornamos independentes. Deixamos de ser colonia de Portugal. Momento em que reflito sobre independência. Olho ao meu redor e vejo ao invés de nossa bandeira verde, amarela, azul e branca; a bandeira do Tio Sam que impera. Como naquelas cenas em que o vencedor finca sua bandeira para mostrar o domínio do território, assim o fizeram aqui. Maior parte da cultura que absorvemos é americana. Música, filmes, idioma ensinado para crescimento profissional, etc...
Observo os gringos (cresci fazendo isso) e noto que eles são patriotas. Exibem sua bandeira a todo momento. Vídeos clips, filmes, seriados, desenhos, HQ, dias festivos, escola, ... sempre.
A cor da bandeira acompanha os americanos desde a infância nos modestos desenhos animados como pica pau, Super homem, Capitão América, ... Acompanha os adolescentes nas capas de CD's e vídeos de seus cantores. Realidade não praticada no Brasil. Ou melhor, praticada erroneamente, já que vestimos a bandeira do Tio Sam e não os arranjos de penas Tupiniquins.
"Eis que um povo vem do norte; uma grande nação e muitos Reis se levantarão dos extremos da terra." Jeremias 50:41
Que independência é essa se deixamos de ser colonia dos Gajos e nos tornamos colonia do Mister Tio Sam.
Falo por mim que também fui criado assim como qualquer brasileiro (somos frutos do meio em que vivemos). Amo de paixão Michael Jackson, vibro quando vejo esse cara dançar. Aqueles passos de James Brown, o rítimo de Wu Tang Clan, as distorções de guitarra nas mãos de Jimmy Hendix, os grandes letreiros Hollyhoodianos com os nomes de Stallone, Van Damme, Schwarzenegger, as páginas dos quadrinhos de um alienígena americanizado que veio de Krypton, o jovem estudante mordido por uma aranha radioativa, o grupo de mutantes perseguidos pelo governo, ... o lanche do palhaço que oferece o melhor do mercado, o refrigerante mais gostoso da Terra. Você também lembrou não? Até comemoramos o Presidente negro americano eleito.
Nas premiações classificamos os gringos como os melhores do mundo. Você já viu ou ouviu o que os demais países produzem para comparar? Quando premiamos os brasileiros restrimos ao simples "melhor do Brasil".
Onde entra a turma da Mônica, Sítio do pica pau amarelo, Racionais Mc's, Titãs, Tropa de Elite,...?
A nossa bandeira exibimos somente em copa do mundo. Claro, somos o país do futebol.
Essa é uma data que sempre reflito...
                                                                          Independência?
 "Deixa-me que os destrua, e apague o seu nome de debaixo dos céus; e te faça a ti nação mais poderosa e mais numerosa do que esta." Deuteronômio 9:14

Vaso quebrado


"Como o vaso, que ele fazia de barro, quebrou-se na mão do oleiro, tornou a fazer dele outro vaso, conforme o que pareceu bem aos olhos do oleiro fazer. Jeremias 18:4"

O termo vaso é muito usado no meio cristão. É um termo que coloca o homem como criação de DEUS que vem sendo moldado. Visualizando o termo, imaginamos as mãos de Deus trabalhando o barro até chegar ao formato de vaso. No decorrer do tempo nos colocamos como este vaso que vem sendo trabalhado pelas mãos de DEUS, segundo nossa crença.
Depois de bem trabalhado o barro assume forma de um belo vaso pronto para assumir sua função. Acolhe lindas flores e embeleza o ambiente.
Assim se torna o homem que foi bem trabalhado no decorrer da vida. Acolhe lindas flores e embeleza o ambiente. Ele constroi bons relacionamentos e torna o ambiente a sua volta um lugar agradável e contagia com sua beleza.
Esse homem bem trabalhado é fruto da boa educação e caráter. 
"Ou não tem o oleiro poder sobre o barro, para da mesma massa fazer um vaso para honra e outro para desonra? Romanos 9:21"
A educação (boa ou ruim) vem da escola, de casa, trabalho, roda de amigos, os meios de comunicação, a sociedade como um todo educa, pois você é fruto do meio em que vive.
O caráter vem de dentro. Estudiosos defendem suas teses...mas o caráter vem de dentro ainda creio eu.
O vaso está pronto.
Digamos que o vaso caiu e quebrou.
Eu costumo dizer que confiança é como um vaso, depois que quebra não adianta colar, pois nunca mais será o mesmo.
Tantas outras coisas na nossa vida podemos comparar a um vaso, até mesmo as fases e acontecimentos ruins. Até mesmo dentro de nosso ser podemos dizer que somos um vaso quebrado.
Pegar o barro e transforma-lo em vaso visualizamos ser fácil, mas quando falamos de colar temos a visão do impossível. Nunca mais será o mesmo.
Agora nos lembraremos de fé. Temos a visão de um DEUS do impossível. Capaz de colar e aperfeiçoar a obra. Capaz de trazer a dupla honra. Restaura feridas. Apaga as transgreções. Entre tantas maravilhas.
O mesmo DEUS que molda e restaura.
Lembramos que o tempo é o melhor remédio...

 "Que cada um de vós saiba possuir o seu vaso em santificação e honra; 1 Tessalonicenses 4:4"

domingo, 4 de setembro de 2011

Eu me represento

Hoje é muito fácil você ver alguém em algum lugar dizendo que te representa. Após anos ouvindo esse tipo de discurso e vendo ações contrárias a tais promessas cheguei a conclusão que eu me represento.
Em tempo de eleição por exemplo temos candidatos de tudo quanto é etnia, religião, etc e tal dizendo estar defendendo sua causa. Com mil promessas impossíveis conseguem convencer a nação e se elegerem. Daí a decepção! Através de escândalos e outras "coizitas", revelam que na verdade se representam. O lindo e poético discurso muda para outro lado.
Desagradavelmente essa realidade se repete na família. Dentro de seu próprio lar também vem a "facada". De pais para filhos, entre conjugues, irmãos, parentes e aparentados que individualmente se representam.
A coisa fica mais feia ainda quando você descobre que a igreja tem mostrado essa mesma postura. Através de grandes discursos(pois não considero pregação) e shows levados ao apelo emocional do momento, aqueles dizeres se minimizando em nome de Cristo nos levam a crer que estamos bem representados. Derrepente nos é revelado os escândalos. Fragilizados pela dor do momento e cegos pela angústia nos tornamos presas fáceis e sem piedade somos massacrados pelos oportunistas.
Maldito o homem que acredita no homem diz a bíblia.
Acreditar na humanidade é fundamental, mas por a fé como temos posto se tornou um erro fatal.
Assim é a nossa condição na sociedade.
Candidatos a um cargo público dizem nos representar e nos traem se vendendo a troca de benefícios próprios.
Na família sofremos com o impacto de acharmos que os nossos são os nossos.
Artistas, entidades, ongs, entre outros vivem a mesma prática.
Na igreja são revelados  pequenos a grandes escândalos que nos chocam.
A vida é assim; no mínimo você tem que aprender com ela.
Hoje posso dizer que aprendi mais uma.
Eu me represento!

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Super Homem e Homem Aranha (Remakes)

Ainda falando de remakes, entre tantas promessas, temos dois filmes que tenho medo do que pode vir. Motivo do medo é a mudança proposta. A primeira mudança que desagradou foi no uniforme do Homem Aranha (quatro ou remake?) e do Super Homem. Embora mudanças radicais sejam feitas em nossos heróis quando saem dos quadrinhos para as telas, é difícil se acostumar. O choque sempre é negativo. Pior é quando as mudanças não se limitam apenas aos uniformes, mas também mexe na origem. Entendo esse tal de remake como algo tipo não gostei do trabalho anterior e vou fazer a minha versão. Acho o trabalho da equipe que fez os filmes anteriores do homem de aço muito bom, não precisava de remake e quanto ao aracnídeo, cedo demais para se pensar em refazer um trabalho recente e bem feito quanto os três primeiros filmes. Desnecessário refazer estes filmes. Bom, como remake virou moda...


Uniformes que nos acostumamos.

.

.

.

.