UA-39063185-1 Trocando uma ideia: Prazer no mal

"O problema não é você estar preso ,e sim o que você faz com a liberdade !!!"

Diga não ao bloqueio de blogs
"O problema não é você estar preso ,e sim o que você faz com a liberdade !!!"

Digite seu E-mail e receba as atualizações deste Blog

Você poderá gostar também de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sábado, 3 de março de 2012

Prazer no mal

Estes dias Aconteceu algo que me fez repensar sobre o prazer que algumas pessoas têm em fazer o mal. Quando se diz sobre essas pessoas vem na cabeça a imagem de que essa pessoa tem em seu semblante o mal estampado. Na verdade essa imagem mostra como nossos conceitos nos traem. Pessoas que riem e nos cumprimentam, que parecem amigas são as que nos dão a facada mais dolorosa. Pessoas que, por exemplo, no trabalho são capazes de tudo para te derrubar. Fica a procura de um pequeno erro seu para transformá-lo em uma arma letal pronta para destrui-lo. Usam pessoas inocentes em suas tramóias. Pessoas que você acreditar ser um dos seus e quando menos se espera...amargo sabor da traição. Amigos que na verdade não são amigos. Aliados que se revelam inimigos.
Falo de pessoas que se tivessem numa novela seriam tratadas como loucas, como acontecem com as vilãs das telenovelas.  Falo de pessoas que você apontaria como o pior dos bandidos. O assassino frio, o corrupto, o estrupador,... A imagem que criamos conforme nosso conceito.
Hoje desfaço esse conceito lembrando que esta pessoa vem a ser longe de qualquer suspeita, aquele que te da tapinha nas costa.
Aquele que você mais ajuda e aquele que te apunhala.
Faz com gosto a sua perversidade. Saboreia a cada momento.
Tem prazer no mal.
Algo profundo. Que vem de dentro.
Sua natureza. A personificação do perverso coberta da mais alva luz. Que veio para enganar.
Traiçoeira serpente que mata aquele que a sustenta.
O mal não como uma justificativa médica, mas como realmente é, o mal, como define a bíblia quando compara o bem e o mal.
Em sua essência mais pura. Difícil entender o que leva uma pessoa a ter prazer em seus atos perversos. Fácil talvez dizer que é a sua natureza. Simplifica o entendimento.
Verdade que quando as pessoas de bem se calam, as pessoas do mal dominam. Interessante que estes nunca se calam e deixam de agir.
Para fazer o que é errado as pessoas não tem dúvidas, mas se perguntar porque não fizeram o certo, questionam se poderia ser feito.
E assim cresce a percepção que o mal impunemente vem crescendo...
O mundo jaz do malígno e de alguma forma fazemos parte dele, seja como coaltor, cumplice ou até mesmo por omissão.
será que existe justiça nesta terra é uma pergunta entalada dentro de nosso espírito quando vemos que estes sempre saem impunes e até pior, vitoriosos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

.

.

.

.