UA-39063185-1 Trocando uma ideia: Horário eleitoral "gratuito"

"O problema não é você estar preso ,e sim o que você faz com a liberdade !!!"

Diga não ao bloqueio de blogs
"O problema não é você estar preso ,e sim o que você faz com a liberdade !!!"

Digite seu E-mail e receba as atualizações deste Blog

Você poderá gostar também de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Horário eleitoral "gratuito"

Começa amanhã (21/08/12) o horário eleitoral "gratuito". Embora este horário "cedido" pelos meios de comunicação(rádio e televisão) seja pago, muitos brasileiros acreditam que é gratuito.
Não é!
O horário em que as emissoras de tv e estações de rádio estariam faturando em meio as suas programações, ao apresentar o espaço político, isto é deduzido no imposto de renda. Ou seja, uma bela e significativa porcentagem do que declarariam no imposto de renda é deduzido em nome deste horário. Uma bela troca de favores financeiros. De certa forma o governo é quem paga pelo horário.
De certa forma!
Com nossos humildes imposto pagamos esta conta.
Toda transação que fazemos com "nosso" dim-dim, parte vai para a receita federal em forma de imposto; passa a fazer parte dos cofres públicos e o governo o usa para "administrar" o país. Este recurso financeiro é usado "sabiamente" na saúde, escolas,...
Em tempos de eleição as emissoras pedem isenção fiscal do imposto de renda. Estima-se 851 milhões de reais que os meios de comunicações deixam de contribuir em função deste horário eleitoral "gratuito".
Através de um tal de "fundo partidário" os nossos ilustres partidos políticos recebem essa assistência dos cofres públicos, ou seja, lá vai nosso dim-dim adiministrado "sabiamente".
Este momento em que seremos bombardeados pelas campanhas políticas passa a ser o momento exato para refletirmos e revermos nosso conceito de cidadão e eleitor.
Momento de olharmos ao nosso redor e começar a se questionar se está bom, por que, o que pode melhorar, depende de que ou de quem, e por aí.
Quem são estas figuras ilustres que se dizem nos representar e que partidos políticos são estes? Por que estas pessoas só aparecem em tempo de eleição e por que quando eleitos acham que nem sequer nos devem satisfação.
Será que estamos no caminho certo?
A décadas sendo eleitor e o que aprendemos? Aprendemos com nossos erros?
O candidato certo é o que é do mesmo time de futebol que o meu? Ele é da mesma religião que a minha? É da minha cor e raça? Tem a mesma opinião sexual que a minha? O que ele diz condiz com o que faz? Merece ser reeleito?
Quanto custa meu voto?
Areia? Cimento? Um processo na justiça resolvido a meu favor da noite para o dia? As obras de onde mora? A educação? A saúde?
Este realmente é o momento de fazermos muitas perguntas. Lobos em pele de cordeiro estão esperando o momento certo. Aquele que te compra hoje vai te vender amanhã, não tenha dúvidas.
Ainda acredito que haja alguém bem intencionado nesta turma de líderes, mas sei que fracassam ao verem seus bons projetos destruidos por um sistema egoísta e sujo em que se aprisionam.
Se me pergutarem hoje em quem eu vou votar, direi que não sei. Se me perguntar em quem não vou votar, sei dizer na ponta da língua.
Já que sou intimado a votar (como dizia Bezerra da Silva) alguma certeza teria que ter.
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) dilvulgou que às terças, quintas e sábados, serão veiculados os programas dos candidatos a vereador. Às segundas, quartas e sextas, serão as propagandas dos candidatos às prefeituras. No primeiro turno, o horário eleitoral gratuito vai até o dia 4 de outubro.
 Aquele que te compra hoje vai te vender amanhã, não tenha dúvidas.

2 comentários:

  1. com o passar dos tempos e com o alto indice de corrupções bombardeados na midia a todo tempo o horario eleitoral foi perdendo a credibilidade uma vez q as pessoas ficaram incredulas diante da politica brasileira, com isso esse horario eleitoral acaba sendo taxado de ridiculo,perdas de tempo etc...de fato não deixa de ser verdade mais o q tem q mudar é a mentalidade das pessoas se elas passassem a usar o voto como uma arma e nã como uma perda de tempo,mais pelo menos elas estariam fazendo sua parte

    ResponderExcluir
  2. Para mim é um mal necessário, preciso ver os candidatos e saber suas propostas, já mudei varias vezes de opinião depois de saber como pensam. O que precisa ser revisto urgente é os gastos eleitorais, mas isso ai vai levar anos e anos pra ser mudado se é que vai.

    ResponderExcluir

.

.

.

.