UA-39063185-1 Trocando uma ideia: Morro da Providência

"O problema não é você estar preso ,e sim o que você faz com a liberdade !!!"

Diga não ao bloqueio de blogs
"O problema não é você estar preso ,e sim o que você faz com a liberdade !!!"

Digite seu E-mail e receba as atualizações deste Blog

Você poderá gostar também de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

terça-feira, 14 de agosto de 2012

Morro da Providência

Bom, antes de qualquer um vir aqui comentar contra o que vou citar, lembro que sou nascido e criado no morro da Providência e tenho muitos amigos lá com esse problema. Todo o País já sabe que o mundo está direcionado para cá devido aos importantes eventos programados nos anos a seguir. Em função disso estão "revitalizando" a Cidade Maravilhosa. Até aí tudo bem, a cidade merece. Mas não da forma que está sendo feita. Durante décadas o centro da cidade e toda Zona Portuária ficou abandonada. Falo como morador nascido e criado nesta área e qualquer pessoa que transita por aqui confirma.
A obra do teleférico na praça Americo Brum, conhecida por nós frequentantes como "praça" que deixa de existir em função disso e moradores ao redor da praça removidos.
 O projeto "Porto Maravilha "reavitaliza" a Zona Portuária e ao redor que por décadas como disse esteve abandonada pelo poder público. Parabenizo a obra. Acompanhei a obra de perto, que teve até arqueólogos fazendo descobertas fantásticas de nossa história. Algumas áreas já estão prontas e ficaram lindas. Me sinto um ilustre morador de uma área nobre. Mas tivemos problemas...
O Morar Carioca, simplificando a definição, é dar qualidade de vida ao morador carioca daquela área, onde também temos o cartão postal Central do Brasil que por décadas andou abandonado também. Implantação de infraestrutura, a preservação do centro histórico da comunidade e também a construção de um plano inclinado que vai ligar a Cidade do Samba ao alto da comunidade e à Central do Brasil.
Em resumo, são projetos bons que o Rio merece e seus ilustres moradores estavam precisando.
Até aí tudo bem.
O problema é como os moradores foram "comunicados" que estão de saída. Não foram consultados do que acham, se querem ser removidos, mesmo que seja para um lugar ali próximo que é o conjunto habitacional que anda lentamente com meia dúzia de profissionais trabalhando( passo por lá todo dia, pois é meu caminho obrigatório). Informações desencontradas e suspeitas na comunidade. Uma proposta de aluguel até a obra do conjunto habitacional ficar pronta. Maus tratos do poder de polícia. Entre outros problemas questionados pelos moradores.
Assunto já chegou ao New York Times com o artigo "Em nome do futuro, o Rio está destruindo o passado".
A história é longa e há muita sujeira por tráz de um projeto grandiosamente belo.
Já que estamos em tempo de eleição, me disponibilizo a trazer informações precisas do que está acontecendo por aqui. Lembrando que a história se repete, pois em 1940 lamentamos (cariocas da época) a demolição da Praça Onze, um dos principais redutos da cultura negra no Rio de Janeiro.
Este ano é o cargo de prefeito que eles querem?
Momento ideal para refletir o que realmente somos para eles.
Quando querem nosso voto dizem nos representar, quando eleitos... 

Igreja histórica no alto do Morro

Maurício Hora, morador da Providência e também um dos entrevistado neste documentário

Nenhum comentário:

Postar um comentário

.

.

.

.