UA-39063185-1 Trocando uma ideia: Som + Eu

"O problema não é você estar preso ,e sim o que você faz com a liberdade !!!"

Diga não ao bloqueio de blogs
"O problema não é você estar preso ,e sim o que você faz com a liberdade !!!"

Digite seu E-mail e receba as atualizações deste Blog

Você poderá gostar também de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quarta-feira, 6 de março de 2013

Som + Eu

A instalação de UPPs (Unidade de Polícia Pacificadora) nas favelas cariocas e muitas polemicas que vieram à tona. Para os que são contra o argumento de abusos policiais e permanência das drogas é forte. Para os que são a favor, voltar a ser cidadão e poder chamar de lar aquilo que um dia foi cenário de guerra é muito importante.
Sabemos do despreparo de alguns agentes da lei e permanência do mercado do crime, mas vemos coisas simples e de grande importância entrando na vida de alguns cidadãos cariocas. Ter uma noite mais tranquila de sono, pintar e ladrilhar suas paredes sabendo que não serão furadas de bala novamente por exemplo.
Mas uma porta novamente foi aberta, a inclusão social de forma tímida ainda e o estímulo pelo aprendizado.
Morro da Providência, uma favela histórica da cidade maravilhosa situada no centro do Rio também vem sendo pacificada. Mas há o conflito ainda. Favela ainda que não sai das paginas policiais. Uma pacificação que tende a melhorar, mas que vem acontecendo.
Pra fortalecer o lado social pequenos grupos vêm mostrando sua grandeza com seus projetos e muita garra para vencer barreiras.
Som + Eu é mais uma destas iniciativas de grande importância. A ideia é oferecer através da arte musical as crianças e adolescentes mais oportunidades.
Por décadas foi comum ver estas crianças e adolescentes tendo e seguido exemplos errados de comportamento. Colocadas de lado por uma sociedade e governo desleal. Diferença social, racial, cultural,...
Som + Eu vem para ajudar a mudar este quadro. Armados com a arte este grupo vem de forma tímida tomando de assalto os filhos da Providência. E assim ajudando a socializar uma nova geração de brasileiros. Uma geração que sabe que seu sonho pode se realizar.
O antigo Morro da Favela, conhecido hoje como Morro da Providência convida crianças e jovens de 6 a 20 anos a se abraçar com a arte em oficinas musicais de canto coral, musicalização infantil, violino viola violoncelo, violão clássico, contrabaixo acústico, percepção musical, capacitação em produção cultural e tecnologia musical, desenvolvido pela Associação Cultural Amigos da Providência o projeto Som + Eu.
Esse é um dos lados positivos da ocupação da polícia nos morros cariocas que não é muito divulgado na mídia. O momento onde cada um faz a sua parte dentro do que pode oferecer para um país melhor.
Um detalhe do Som + Eu é que o projeto é "0800", ou seja, "deGratis”!
Fico feliz que hoje esta geração está tendo o que seus pais não tiveram.
O rio está em guerra contra o crime e em momentos como este meu Rio mostra como é maravilhosa boas iniciativas.
Projeto socio/cultural no morro
 
Militares ocupam o morro

Manifestação artistica no morro

Livro conta história do morro que mudou de nome

Teleférico revelará beleza do centro carioca vista do morro

2 comentários:

  1. Oi, amigo
    Temos favelas em todas as cidades, só que em cidades pequenas elas são chamadas de casas populares. Por que elas são tão afastadas do centro da cidade? É a tal discrepância social e como tem gente boa nesses lugares.
    Eu sempre preferi lecionar nas favelas quando morava numa
    metrópole, conversava até com os marginais para eles olharem meu carro e quando saía ele abanavam a mão para mim e eu retribuía.
    Agora têm muitos projetos sociais em favelas e casas populares, mas ainda há a discriminação na hora de arrumar um emprego: O endereço. Por mais eficiente que o candidato(a) seja, é passado para trás.
    Infelizmente precisamos muito é de amor recíproco, só ele pode amenizar o sofrimento dos menos favorecidos. Mas, a falta de justiça para os abastados está aí escancarado na mídia e quem roubou um pedaço de linguiça numa venda e, pior se ele for negro, vai apodrecer na cadeia.Para os coronéis, os pobres são empecilhos no mundo
    Às vezes eu fico envergonhada, é muita diferença. Espero que em outro plano seja melhor do que esse mundo podre e discriminado chamado Terra.
    Chega, do contrário fico até a noite escrevendo...
    Beijos
    Obrigada
    Lua Singular

    ResponderExcluir

.

.

.

.