UA-39063185-1 Trocando uma ideia: RLSH , Super Heróis da Vida Real

"O problema não é você estar preso ,e sim o que você faz com a liberdade !!!"

Diga não ao bloqueio de blogs
"O problema não é você estar preso ,e sim o que você faz com a liberdade !!!"

Digite seu E-mail e receba as atualizações deste Blog

Você poderá gostar também de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quarta-feira, 5 de junho de 2013

RLSH , Super Heróis da Vida Real

Ao ligarmos a televisão somos bombardeados pelos telejornais por notícias desesperadoras. Tudo de ruim que o ser humano é capaz é relatado lá, independente do programa jornalístico ser sensacionalista ou não. Pais matam filhos, filhos matam pais, filhos estuprados, vítimas de assalto assassinados de forma bárbara como se a vida valesse apenas um celular ou menos,... as atrocidades são infinitas e quando achamos que já vimos de tudo... uma nova notícia nos choca! O mundo parece ser cruel. A maldade não tem limites.
E agora, quem poderá nos salvar?
"Eu Chapolin!!!"
Embora a resposta seja uma brincadeira de um dos melhores programas humorísticos de todos os tempos, a pergunta não, ela é séria. Um apelo desesperado de uma sociedade entregue a seus pecados.
Para os Cristãos só Jesus na causa.
Para muitos (aqui no Brasil) mudanças nas leis e na gestão política.
É nessa que surge uma nova proposta. A frase "a vida imita a arte" se torna mais verdadeira que nunca.
Será que Batman, Supeman, Vingadores, Homem Aranha,... estes imaginários super heróis da histórias em quadrinhos fariam a diferença. Para quem lê atualmente as HQ's perceberam que a proposta é colocar estes personagens nas questões da sociedade atual, e esse questionamento tem se refletido no cinema.
Estes super heróis fariam a diferença? Trariam melhoras na sociedade? Seria mais seguro as ruas?
Algumas pessoas na vida real tem investido nesta proposta.
No filme "Kick-Ass" um adolescente normal, chamado Dave Lizewski, decide se vestir de super herói e combater o crime e ganha uma pequena ajuda de outros que compartilham da mesma visão.
Hoje já nos acostumamos a ver pessoas vestidas de super seres, a febre do Cosplay se espalhou pelo mundo, e fãs passaram a se vestir igual a seus personagens favoritos e se exibirem em exposições. Até aí tudo bem!
Vamos falar de outra vertente. O RLSH (Real Life Super Hero), os Super Heróis da Vida Real.
Isso mesmo!
Fantasiados de heróis, a vida imita a arte
Algumas pessoas espalhadas pelo mundo, inclusive aqui no Brasil, tem se fantasiado de super heróis e combatido o crime, salvando os necessitados, defendendo os fracos e oprimidos,... Blá blá blá blá!
Um movimento que tem crescido e revelado seus heróis.
Eles ajudam desde a simples distribuição de alimentos a combater o crime, atuando como vigilantes pondo suas vidas em risco. Phoenix Jones, um dos "heróis" foi levado a justiça onde teve que revelar sua identidade.
Hoje vários nomes se destacam pelo mundo. Austrália, França, República Checa, Noruega, Canadá, México, EUA onde se encontra o maior número de adeptos, Argentina e outros países e claro, aqui no Brasil tem o seu representante. Direto do bairro Bom Fim em Porto Alegre a capital Gaúcha apresenta o Capitão Bonfa. Com sua capa e máscara, o herói faz uma ronda pela região todo fim de tarde, quando recolhe a sujeira deixada por animais, ajuda idosos e deficientes físicos a atravessar a rua, além de outras ações.
Sem super poderes é claro, mas alguns conseguem um "cinto de utilidades" ou outros utensílios. O que lembra "Arrow", o Arqueiro Verde do seriado ou até mesmo Batman, Justiceiro e Demolidor.
Claro que para a polícia isso não é bom, pois pode por em risco a vida de inocentes e a deles próprios.
Será mesmo que precisamos desta modalidade na nossa sociedade? Por exemplo, aqui no Rio de Janeiro que já ganhou fama de super violento mesmo sendo a Cidade Maravilhosa, este tipo de ajuda seria bem vinda, resolveria? Alguém teria a coragem de se vestir de super herói e combateria os traficantes nas nossas favelas? A intenção parece boa, mas a realidade não é como na ficção.
Vemos tantas cenas de violência nos telejornais mas estes heróis ainda não são a solução. Vamos ficar apenas com os nossos super heróis das HQ's por enquanto...
Na ficção!
Heróis espalhados pelo mundo
A capital Gaúcha apresenta o Capitão Bonfa.

No filme "Kick-Ass" pessoas comuns vivem como super heróis
Uniformes de super heróis da vida real são copiados de personagens como  Watchmen

4 comentários:

  1. Acho que fariam a diferença em alguns momentos, mas antes de tudo a politica teria que ser mudada, se não eles acabariam atrás das grades, gostei da dica nunca vi esse filme "Kick-Ass" vou conferir.
    Mas que as vezes da vontade de fazer algo isso dá....

    ResponderExcluir
  2. Oi Deveriam colocar todos os colarinhos brancos com essas fantasias quem sabe sobraria dinheiro para comprar armas pesadas, pois com 38 da para matar uma formiga.
    Garanto que morreriam todos...
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  3. Olá Serginho!

    Tudo bem contigo?
    Desculpa a ausência, muitos afazeres, problemas para resolver e um novo projecto já online. Mas, estou a voltar devagar. :)
    Obrigada pela confiança, carinho, amizade e apoio no blog "O Que O Meu Coração Diz" e no novo "Jake e Mary".

    Concordo contigo, o mundo, cada país precisa ter o seu super herói e salvar o povo das suas necessidades.

    Beijinhos,

    Cris Henriques

    http://oqueomeucoracaraodiz.blogspot.com

    ResponderExcluir

.

.

.

.