UA-39063185-1 Trocando uma ideia: Agosto 2013

"O problema não é você estar preso ,e sim o que você faz com a liberdade !!!"

Diga não ao bloqueio de blogs
"O problema não é você estar preso ,e sim o que você faz com a liberdade !!!"

Digite seu E-mail e receba as atualizações deste Blog

Você poderá gostar também de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Farra dos médicos

"Prometo que, ao exercer a arte de curar, mostrar-me-ei sempre fiel aos preceitos da honestidade, da caridade e da ciência."  Juramento de Hipócrates atualizado.
O governo brasileiro resolveu tentar solucionar o problema dos hospitais públicos. Tomou a decisão de contratar médicos de outros países para atender aos nossos doentes. De cara nossos médicos protestaram e ganharam apoio de alguns, mas no decorrer dos debates descobrimos que nossos profissionais de saúde não querem trabalhar nas áreas mais carentes de nossa terra, com todas as dificuldades que o sistema de saúde enfrenta, foi revelado uma das causas destes problemas, o profissional de saúde não larga a comodidade da cidade grande. Até aí tudo bem, é direito de escolha de cidadão, nada contra, mas querer impedir que profissionais de outros países façam o que eles desumanamente se negam a fazer, aí eu discordo. Não quer ir, deixa quem quer ir fazer o trabalho ir.
O cidadão brasileiro está morrendo nos hospitais públicos e como se já não bastassem a corrupção do poder público, agora descobrimos essa má vontade de uns.
Fizeram passeatas, alegaram seus motivos de serem contra os estrangeiros fazendo seu serviço, acusaram de incopetencia destes profissionais estrangeiros. Será que só no Brasil tem profissionais na área de saúde? E nossos casos de erros médicos? Como tratam?
E pra completar a desgraça, a emissora SBT que é uma das que é criticada e censurada por manifestantes, mostrou o outro lado da moeda. O que está por trás do caos dos hospitais públicos, a parte direta que diz respeito aos pacientes, pior, os que tentam ser o paciente, é simplesmente a falta de médicos. A emissora mostrou em Julho um grupo de médicos de um hospital público de São Paulo que batiam ponto e não trabalhavam. Este mês está sendo mostrado o mesmo processo aqui em um dos hospitais do Rio de Janeiro. Que provavelmente é uma prática em escala nacional.
A reportagem de Fábio Diamante, Fábio Serapião, Ronaldo Dias e Cristian Mendes, revela que estes funcionários públicos chegam aos seus hospitais onde deveriam cumprir carga horária efetiva (trabalhar), batem o ponto eletronico e vão embora para seus consultórios particulares. Dentre estes profissionais há representantes políticos que deveriam dar o exemplo(o bom).
Aí analisamos:
Temos cidadãos brasileiros tentando ser um paciente, ou seja, tentando serem atendidos.
Temos um grupo de manifestantes quebrando a cidade em nome da ordem e progresso.
Temos um governo corrúpto que para aliviar o problema se viu na obrigação de contratar médicos de outros países.
Temos enfermeiros mau remunerados e sobrecarregados que assistem o desrespeito destes doutores.
Temos médicos que não querem ir trabalhar nas áreas carentes de nosso país, e pelas manifestações mostram que não querem que ninguém vá. Como é desumano. Tão desumano quanto um bandido que por nada mata um trabalhador em um assalto.
E também temos médicos que deveriam trabalhar nas redes públicas, mas que somente batem ponto e vão para seus consultórios particulares, esquecendo de seu juramento de Hipócrates ou podemos chamar de juramento de Hipócritas.
A vergonha é muita e a revolta também. Quantos cidadão brasileiros estes  doutores já mataram só este ano? Vão responder por estes crimes?
Algo que já citei aqui antes e mantenho é que se todos lutarmos por nossos deveres e fazermos nossos deveres direitinho ninguém terá que reclamar.
Queria ver estas passeatas na porta destes consultórios particulares...
Para quem não sabe quando se forma,o profissional da área de saúde faz uma declaração (juramento) como fazemos ao nos casar. O juramento de Hipócrates assim conhecido acredita-se que foi escrito por Hipócrates ou um de seus discípulos. Em 1948 foi atualizado pela Declaração de Genebra, a qual vem sendo utilizada em vários países por se mostrar social e cientificamente mais próxima da atual realidade.
como se já não bastassem a corrupção do poder público, agora descobrimos essa má vontade de uns.
Este é o juramento de Hipócrates original:
 "Eu juro, por Apolo, médico, por Esculápio, Higeia e Panaceia, e tomo por testemunhas todos os deuses e todas as deusas, cumprir, segundo meu poder e minha razão, a promessa que se segue: estimar, tanto quanto a meus pais, aquele que me ensinou esta arte; fazer vida comum e, se necessário for, com ele partilhar meus bens; ter seus filhos por meus próprios irmãos; ensinar-lhes esta arte, se eles tiverem necessidade de aprendê-la, sem remuneração e nem compromisso escrito; fazer participar dos preceitos, das lições e de todo o resto do ensino, meus filhos, os de meu mestre e os discípulos inscritos segundo os regulamentos da profissão, porém, só a estes.
Aplicarei os regimes para o bem do doente segundo o meu poder e entendimento, nunca para causar dano ou mal a alguém. A ninguém darei por comprazer, nem remédio mortal nem um conselho que induza a perda. Do mesmo modo não darei a nenhuma mulher uma substância abortiva.
Conservarei imaculada minha vida e minha arte.
Não praticarei a talha, mesmo sobre um calculoso confirmado; deixarei essa operação aos práticos que disso cuidam.
Em toda a casa, aí entrarei para o bem dos doentes, mantendo-me longe de todo o dano voluntário e de toda a sedução sobretudo longe dos prazeres do amor, com as mulheres ou com os homens livres ou escravizados.
Àquilo que no exercício ou fora do exercício da profissão e no convívio da sociedade, eu tiver visto ou ouvido, que não seja preciso divulgar, eu conservarei inteiramente secreto.
Se eu cumprir este juramento com fidelidade, que me seja dado gozar felizmente da vida e da minha profissão, honrado para sempre entre os homens; se eu dele me afastar ou infringir, o contrário aconteça."
batem ponto e vão para seus consultórios particulares, esquecendo de seu juramento
 Uma versão mais atualizada é atualmente utilizada no Brasil, sendo a mais difundida:
"Prometo que, ao exercer a arte de curar, mostrar-me-ei sempre fiel aos preceitos da honestidade, da caridade e da ciência. Penetrando no interior dos lares, meus olhos serão cegos, minha língua calará os segredos que me forem revelados, o que terei como preceito de honra. Nunca me servirei da minha profissão para corromper os costumes ou favorecer o crime. Se eu cumprir este juramento com fidelidade, goze eu para sempre a minha vida e a minha arte com boa reputação entre os homens; se o infringir ou dele afastar-me, suceda-me o contrário."
Temos cidadãos brasileiros tentando ser um paciente, ou seja, tentando serem atendidos.

domingo, 25 de agosto de 2013

Igreja investe dízimos na construção de casa para fiéis

“As igrejas devem ficar mais atentas à necessidade do povo”, é a mensagem do pastor 
A Igreja Assembléia de DEUS Ministério Lagoinha, em Araruama, Rio de Janeiro, dirigida pelo Pastor Fábio Mendonça, sargento da Polícia Militar da 25ª CIA em Cabo Frio, com seus 200 membros tem chamado a atenção de muitos, não por ser mais um escândalo, pelo contrário, pelo maravilhoso testemunho e exemplo dado.
O Pastor Fábio surpreendeu ao usar os dízimos e ofertas dadas na igreja para construir casa aos seus membros em condições de vulnerabilidade social. Observando a carência de alguns de seus membros o Pastor resolveu fazer o que é certo e decidiu a ajudar nas escavações de casas junto a mais três pedreiros que voluntariamente nos finais de semana fazem a obra ( nos dois sentidos da palavra).
Já foram construídas quatro casas e estão previstas para Outubro outros quatro quitinetes já em andamento as obras que beneficiará duas senhoras que estão alojadas na igreja.
Andréa Silva Rocha, que recebeu uma das casas comemora: “Fui amparada na hora que mais precisei, hoje tenho a segurança de um lar”.
O Pastor que diz não pedir dinheiro afirma que o Espírito Santo de DEUS tem tocado nos corações das pessoas, um membro doou mil tijolos, outro pia,... e assim a obra vai caminhando.
E acreditem, mesmo assim vem recebendo críticas. “Alguns pastores me perguntaram se eu não estava “arrumando” muito trabalho. Se Deus pensasse no trabalho que o ser humano dá a Ele em relação à desobediência a seus princípios, não teria feito o mundo. Tudo que fazemos na vida pode nos gerar problemas, você não compra um carro, por exemplo, pensando que o pneu pode furar um dia, mas no benefício que você vai ter com o veículo”,conta o Pastor Fábio.
O Pr. Fábio alerta aos demais líderes das igrejas: “As igrejas devem ficar mais atentas à necessidade do povo. Sejam elas materiais ou espirituais. Há igrejas em que a maioria dos membros não possui necessidades financeiras, mas sempre há os que precisam de ajuda espiritual e aqueles que precisam de ajuda material”.
Que a atitude do Pastor Fábio sirva de exemplo para os demais líderes, que outras igrejas possam ter visto neste ato a imagem da verdadeira igreja de Cristo.
O que me chama a atenção nesta obra (nos dois sentidos da palavra) é que primeiro o Pastor observou as dificuldades que suas ovelhas tinham; isso é importante em liderança, observar tudo a seu redor. Como ele já tinha experiência na área do projeto, pois trabalhava com manutenção, usou este talento. Importante tanto o líder não desperdiçar seu talento e nem o de seus liderados. Mesmo recebendo críticas de colegas pastores, seguiu em frente e superou os desafios sem apoio político, administrado somente pela igreja.
Compartilhado com "Ig. Ev. Restaurando Vidas"

sábado, 24 de agosto de 2013

Ben Affleck, o novo Batman

O ator e diretor Ben Affleck foi o escolhido a viver o personagem Batman nas telonas. A DC/WB anunciaram que o novo filme do Superman teria a participação de Batman o que deixou os fãs super contentes. Até aí tudo bem, até que o jogo virou e os fãs se revoltaram. O motivo da revolta foi a escolha do ator Ben Affleck para viver o personagem Batman.
Segundo os fãs que tem se manifestado via Internet em todo o mundo, o ator/diretor não tem o perfil para o personagem super querido das HQ's.
O que mais pesa neste pré-julgamento é o filme "Demolidor" interpretado por Ben que foi um fiasco. Para os fãs de HQ, o ator foi o responsável pelo fracasso do filme da Marvel. Assim como o filme da DC "Lanterna Verde" que pesa contra o ator Ryan Reynolds pelo mesmo motivo, como outros filmes onde foram atribuídos aos atores o motivo de fracasso das produções.
Os fãs dos personagens de HQ não poupam críticas negativas quanto a esta escolha e por todas as redes sociais metem o pau no ator.
Affleck vestiu o uniforme do Super-Homem em Hollywoodland, filme em que faz o papel do ator George Reeves, o rosto do homem de aço na série de TV da década de 50. Demolidor foi o primeiro papel de super-herói do ator, em 2003, que devido a um péssimo roteiro e aproveitamento da história de Frank Miller se tornou um fracasso, o que acabou pesando contra o ator em seu currículo, assim como aconteceu com Ryan Reynolds no filme "Lanterna Verde".
A equipe DC/WB se defende afirmando que a escolha do ator para o papel foi acertada e se pucharmos na memória vamos nos lembrar de algum filme onde foram anunciados atores criticados por fãs e depois o filme se tornou um grande sucesso. Lembro do filme "Entrevista com Vampiros" onde o ator Tom Cruiser foi escolhido para o papel principal e todos desacreditaram, alegando que ele não tinha o perfil para ser o vampiro Lestat, era bonitinho demais para ser um morto vivo diziam os fãs. O filme até hoje é considerado um dos melhores sobre vampiros e a atuação de Tom Cruiser perfeita.
Bom... O novo filme do Superman com Batman (Ben Affleck) está previsto para estrear em 2015, até lá muitas águas vão rolar em torno desta produção.
Ator/diretor na polêmica


Novo filme unirá personagens

sexta-feira, 23 de agosto de 2013

A Fazenda

Os programas de Reality Show são baseados na vida real e conquistaram os horários nobres da TV em várias partes do mundo e tem se refletido na internet. Aqui no Brasil não tem sido diferente. As emissoras SBT, Globo e Record tem encabeçado as audiências neste gênero de programa e gerado polêmicas tanto por parte dos que assistem como a dos que dizem não assistir. Mesmo para os que não assistem (assim como eu) não escapam das notícias de alguns fatos que acontecem em torno do programa, pois independente de serem "celebridades" ou "anônimos", os escândalos viram assunto e algumas vezes protesto.
As emissoras entraram em acordo, e sendo assim cada uma tem sua temporada agendada sem um prejudicar o outro. Assim que uma emissora encerra pouco depois a outra emissora começa sua programação.
Aqui no Brasil esse tipo de programa gera uma polêmica que acaba fazendo parte da pregação pastoral dentro e fora das igrejas. Mas acontece de forma estranha, forma esta que já venho me indagando faz tempo. Aqui em meu País a guerra de emissoras invadiu as igrejas, pois uma destas emissoras pertence a uma grande igreja conhecida como a "Universal" (IURD - Igreja Universal do Reino de Deus). Momento que novamente questiono o posicionamento dos cristãos.
O programa "A Fazenda" da Rede Record pertencente ao grupo IURD e está na sua 6ª edição. Comparando com o concorrente BBB da Rede Globo, tudo que acontece em um acontece no outro programa, ou seja, é a mesma coisa!
Eu não assisto este tipo de programa, mas gosto de assistir de vez em quando programas de jornalismo, e através do programa de Wagner Montes ficamos sabendo da nojeira apresentada na fazenda. Uma das regras do programa é de que não pode haver agressões físicas, e os participantes deste programa acharam uma forma diferente de agredir o adversário, cuspe na cara! Além das agressões verbais, agora eles cospem um na cara do outro.
Degradação humana!
O que me chama a atenção (de novo) é que querendo ou não, para nós é a emissora do Bispo, é a emissora da igreja. A mesma emissora que exibe programas bons que pregam através de seus obreiros(da igreja IURD) o resgate e a valorização da família.
Estranho... Por um lado prega a salvação da humanidade e por outro prega o contrário. Jesus não disse que não se pode servir a dois senhores? Sim disse!
"Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de odiar um e amar o outro, ou se dedicará a um e desprezará o outro. Não podeis servir a Deus e a Mamom." Mateus 6:24
Como também disse Jesus que a árvore se conhece pelos frutos.
" Porque cada árvore se conhece pelo seu próprio fruto; pois não se colhem figos dos espinheiros, nem se vindimam uvas dos abrolhos." Lucas 6:44 "
Assim complica...
Outra realidade que vivemos é esta acepção de emissoras que vivemos no meio cristão.
O que me intriga nesta confusão toda e que muitos ignoram é o fato de que se fosse na Globo, estariam todos na Net protestando contra, mas na Record pode! Cadê os crentes que vivem metendo o pau neste tipo de programa? Ah, na emissora do bispo não é pecado e imoral.
O que me faz pensar (sei que fede) em como somos hipócritas e injustos quando apontamos nossos dedos, pior, estamos agora erguendo faixas, estamos postando na Net,... 
Nos abaixamos tanto que os "fundinhos" vem aparecendo, e está vergonhoso.
Não precisa fazer previsões, mas quem me acompanha neste espaço sabe que faço isso as vezes e acerto sempre, pois estas minhas previsões (brinco assim) na verdade são observações do óbvio. Prevejo que quando o BBB da concorrente Rede Globo voltar ao ar, mesmo apresentando o mesmo que é apresentado hoje pela "Fazenda" da Record,haverá grandes manifestações cristãs contra. 
Estarão na Net, farão debates nas rádios, publicarão postagens recheadas de versículos bíblicos e grandes estudos contra o programa, estarão nos altares orando e pregando contra,... blá blá blá blá.;
Essa acepção de emissoras...
Essa guerra de emissoras (Record contra Globo) nos altares...
Quando vamos tirar a escama dos olhos e amadurecer? 
Além das agressões verbais, agora eles cospem um na cara do outro.


segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Círculo de fogo (Pacific Rim)

"Seja o melhor que você pode ser, antes que todos sejamos extintos"
Dirigido por Guilhermo Del Toro, o filme de ficção científica "Circulo de fogo" conta a história dos humanos contra os monstros conhecidos como "Kaiju", que é um termo Japonês para os colossais monstros de sua ficção. Pilotos são preparados para controlarem gigantescos robôs para defenderem o mundo de monstros vindos de outra dimensão. 
O elenco conta com Idris Elba, Clifton Collins Jr., Ron Perlman, Robert Kazinsky, Max Martini e Charlie Day. O roteiro foi escrito por Travis Beacham.
O filme entra em destaque graças aos grandes efeitos produzidos e das cenas de combate entre os gigantescos Robôs e os monstros. Animação foi criada pela empresa de efeitos Imaginary Forces. Pacific Rim terá uma adaptação para Games que deve ser lançado para as plataformas digitais do Xbox 360 e do PlayStation 3. 
É um bom filme que promete trazer uma nova visão do "gênero monstros destruindo tudo". Pra quem é fã de Ultraman, Godizila e cia vai ficar impressionado com o filme e seus efeitos. Já entra na disputa dos melhores filmes deste ano. Uma ótima pedida neste tempinho frio.

sexta-feira, 16 de agosto de 2013

É possível?

Recentemente estourou na mídia o caso policial onde na zona norte de São Paulo cinco pessoas da mesma família foram encontradas mortas. O sargento Luis Marcelo Pesseghini, 40 anos, e a mulher dele, a cabo de Andreia Regina Bovo Pesseghini, 35 anos. O filho do casal, Marcelo Eduardo Bovo Pesseghini, 13 anos, a mãe de Andreia, Benedita Oliveira Bovo, 65 anos, e a irmã de Benedita, Bernardete Oliveira da Silva, 55 anos. O que chamou a atenção neste caso foram as primeiras conclusões da polícia sobre quem seria o autor do crime. A primeira vista no início da investigação policial o assassino seria o filho do casal, Marcelo Eduardo que teria se suicidado após matar a família.
Os familiares discordaram desta suspeita e alguns especialistas também, mesmo vários indícios levando a crer que foi o menino. Algumas teses defendidas pelos que creem que o menino é inocente e que a família pode ter sido executada por policiais caem por terra conforme algumas pessoas vão testemunhando. Ao contrário do que a família pensa, o pequeno Marcelo aprendeu com os pais a dirigir e a atirar, além de revelar um perfil fora do normal na internet. Criou uma comunidade de "assassinos' onde a regra era matar os parentes. Fã da série de jogos Assassin's Creed conhecido pela violência. Assassin's Creed além dos jogos tem livros e vai virar filme.
Ainda falta algumas etapas do processo investigativo para se concluir o caso, mas fortes indícios ainda apontam para o menino a cada passo que as investigações avançam. Por outro lado nota-se uma pressão política nos bastidores policiais e uma imprensa que talvez esteja prejudicando as investigações em sua busca por audiência.
O caso se tornou público e lógico que gera opiniões diversas da população.
É possível um menino tão novo planejar tamanha maldade dentro de sua própria família?
É possível haver uma conspiração no meio policial?
É possível um jogo de violência influenciar tanto a este ponto?
Entre tantas perguntas, estas são as mais questionadas e que já temos as respostas.
Vivemos diariamente em uma sociedade que já mostrou que não tem limites para praticar o mal. Por muito pouco vemos menores de idade matando, seja por dinheiro, seja por celular, ou qualquer outra futilidade. Constantemente clamamos por leis severas para punir estes "menores".
Analisando o perfil deste garoto passamos a acreditar que é possível que ele tenha cometido tal crime, pode não ter sido ele, ou ele sozinho, mas é possível.
Conhecendo a banda podre policial como conhecemos também sabemos que é possível sim uma conspiração policial, como também uma grande guerra política na corporação.
Sempre que um crime chega a conhecimento público, em que o autor da atrocidade jogava um desses games violentos, a mesma indagação nos vem, a de que jogos violentos mudam a cabeça de nossos filhos. Confesso que creio fielmente que somos frutos do meio em que vivemos, mas a acreditar nesta ideia de que o game é o culpado, isso nunca. Vejo nestes casos o game como um sinal que algo já estava errado antes.
Partindo pela ideia errada do poder de influencia destes jogos violentos, então se me dão licença vou ali jogar "banco imobiliário", quem sabe fico rico!
Esse caso nos traz muitos detalhes novos a cada dia que precisamos nos atentar. Volto a repetir que somos frutos do meio em que vivemos, pois tudo que o garoto fez (se fez) foram os pais que ensinaram e não os jogos. Aprendeu a dirigir e a atirar e pelo perfil revelado aprendeu também certos ideais violentos.
O garoto tinha um perfil e uma comunidade violenta na net, os pais e os familiares não viram?
Isso nos traz um alerta. Dizem que querem sua privacidade. É invasão de privacidade ver o que nossos filhos fazem na Net. Ditadura! Falta de respeito!
Já postei aqui sobre essa "privacidade" na Net e volto a repetir, o que um conjugue ou um filho faz na Net que seus pais ou conjugues não possam saber? Só se esconde quem tem o que esconder. Tanto crimes como adultérios e pornografias rondam a esfera virtual. Acreditar que as ruas estão violentas e que ficar teclando dentro de casa é seguro pode ser enganoso. Participar do que os filhos fazem é importante na educação e um bom relacionamento familiar. Pra quem acha este um ato de ditadura, prefiro dizer que o problema não é estar preso e sim o que se faz com a liberdade.
O caso desta família nos obriga a trazer para dentro de nossas famílias e talvez até rever conceitos.
Todos estes acontecimento dentro de nosso lar...
É possível?
O game como um sinal que algo já estava errado antes.

segunda-feira, 12 de agosto de 2013

Manutenção de MicroComputador

Esta máquina que se encontra a nossa frente e que se tornou parte fundamental na nossa vida nesta nova era, o computador, que muitas vezes "salva" nossas vidas. Tecnologia que nos serve em todas as áreas de nossas vidas. É na área profissional, no lazer, nos estudos, na área sentimental, na religiosidade,...
Mas para mexer nessa "grande" invenção precisa ter no mínimo uma pequena noção, o que para uns fica difícil, não pela complexidade, mas pela crença de haver esta complexidade. Mesmo sendo do centro de uma cidade "grande", centro comercial, é normal encontramos pessoas que ainda não sabem mexer. Para algumas destas pessoas é um grande mistério este mundo moderno que tem muita informação para um curto tempo para se aprender. Algumas destas pessoa que converso apontam o mesmo grau de dificuldade, ou seja, a ideia da complexidade. Chegam achar que não é para sua geração. Concordam que precisam aprender mas batem de frente com esta barreira que eles mesmo impõem.
Verdade que até pra nós que já entendemos um pouquinho a mais, há muito a ser descoberto a cada dia. Tem uma etapa que fica a critério de quem é profissional da área. Só que há coisas que podemos nós mesmo nos aventurar, com segurança é claro. Certas panes que nossas máquinas sofrem podemos resolver sem gastar com "técnicos", claro que para isso precisamos primeiro aprender, pois não recomendo "fuçar" sem antes adquirir o entendimento.
É importante entendermos um pouco mais sobre esse mundo em que vivemos hoje. Não podemos nos limitar as redes sociais e a sermos meros "telespectadores" digitais.
Primeiro vamos tirar de nossas mentes essa barreira que colocamos entre nós e essa tecnologia, barreira que chamamos de "complexidade".
É preciso acreditar que nunca é tarde para aprender.
Posso abrir meu computador e fazer uma manutenção sem danificá-lo?
Sim, pode! Desde que adquira conhecimento sobre.
Existem diversos cursos on line que nos proporcionam isso hoje. Alguns gratuitos e bem recomendados.
O computador como qualquer eletrodoméstico dentro de seu lar, também precisam de manutenção, desde a uma simples limpeza a troca de peças.
Recomendo hoje um curso on line de Manutenção de Micro Computador que tem uma linguagem simples, oferece certificado e é gratuito, além de ser de muita valia para o dia a dia neste relacionamento entre você e seu computador.
Este curso ensina como funciona um computador, o que representa a informação de dados, os tipos e componentes de um computador, e claro os problemas e soluções para ele entre muitas outras informações úteis.
O curso é oferecido pelo Blog "Cursos Grátis", blog este que contém diversos cursos bons e gratuitos, o que beneficia que tem interesse e talvez pouca grana no bolso ou até mesmo falta de tempo para um curso presencial, lembrando que os cursos a longa distância estão começando a serem visto pelas empresas com bons olhos, o que significa uma mudança na vida profissional no mundo.

sexta-feira, 9 de agosto de 2013

Mãe, feliz dia dos pais !

O título desta postagem pode parecer estranho para uns mas em momento algum é inapropriado, muito pelo contrário, reflete uma realidade constante e homenageia quem não pode ficar esquecida. Muitas mães exercem a dupla função mãe/pai devido a diversas circunstâncias da vida. Algumas ficaram viúvas. Muitas amargam na decepção amorosa ao terem sua fidelidade questionada e uma paternidade negada, como há aquelas que são trocadas após a realização do que foi realizado em conjunto. Divórcio passa a ser parte deste processo onde geralmente quem fica com os filhos é a mãe enquanto o pai segue sua vida livremente. Aquele que parecia ser o porto seguro revela-se uma triste estatística.
Quantas mães carregam o fardo de ser mãe e pai ao mesmo tempo por amor. E em tempos modernos ainda há aquelas que trabalham fora. E corre mãe atrás de creche/babá. Tarefas no trabalho e tarefas em casa, a famosa dupla jornada. O pai? Ah pai...
Ausente no lar e presente no mundo.
Afirmo que não é para as "vagabundas" que se tem que provar que é homem, mas para os filhos. Ato covarde este de abandono. E lá vai processo e uma pensão esmolada, mesmo comprovada a paternidade. Ah pai...
Dia dos pais... e lá  vai uma criança com sua lembrancinha escolar, uma gravata em cartolina com dizeres poéticos entregues a aquela que além de mãe exerce com louvor o papel daquele que covardemente negligenciou seu sangue.
Aos pais presentes e orgulhosos de seu posto, um exemplo que deveria ser seguido sem exigência da lei. Ser pai é isso, estar presente no dia a dia, seja para momentos de lazer como em momentos de exortar. O maior presente que dinheiro não compra, convivência em todos os momentos. O pai forte e batalhador. O pai alcoolatra e deprimido. O pai carinhoso ou violento. O pai presente!
Mãe... o grande exemplo, que com todas as dificuldades não nega-se ao sacrifício de criar seus filhos. Aquela que deixa de comer para alimentar um filho. Que abre mão de si, para que um filho tenha vida. Aquela que só abandona quando crê que está fazendo o melhor para o filho, e o faz de coração partido, um pedaço de si morre e outro pedaço é apedrejado pela sociedade. Mãe não tem orgulho e nem vaidade, tem filhos.
... como diz a música: "Mãe é mãe!"
Mãe, feliz dia dos pais!!!
Embora esta postagem tenha um tom auto-crítico, a idéia é homenagear nesta data tão importante quem se tornou muito mais importante. Parabéns a todas as mães que também são pais!

quarta-feira, 7 de agosto de 2013

Seja mais produtivo

O dia só tem 24 horas. Esta afirmação tão conhecida é verdadeira e nos traz algumas questões em todas as áreas de nossas vidas. A demanda diária muitas vezes parecem serem maiores que estas 24 horas. É na área profissional, estudantil, doméstica e até mesmo aqui no blog. Será que falta tempo para executar as tarefas diárias? O que acontece que o tempo não dá para encerrar o dia com todas as tarefas concluídas?
Como gestor estou acostumado a liderar equipes de 20 a 30 profissionais somados a diversas tarefas do dia a dia. As oito horas diárias de trabalho são suficientes?
Uma das coisas que aprendi com um dos meus chefes é a famosa administração de tempo.
Aprendi!
Hoje costumo dizer que se sua carga horária de trabalho não dá para executar as tarefas temos um grande problema.
De duas, uma:
Ou seu chefe está lhe sobrecarregando ou você não está sabendo administrar seu tempo. Este grande problema precisa ser resolvido. Se seu chefe está lhe sobrecarregando ele precisa saber disso e comunicar-lhe não é apresentar atestado de incompetência, mas relatar um problema causado por ele e que no final quem pagará é você. Já se o problema for que você não esteja sabendo "controlar o tempo", precisa aprender. Procurar ajuda de seu chefe neste caso também não é passar atestado de incompetência, mas sim de amadurecimento profissional diante de uma situação que pode se agravar. E da mesma forma em todas as áreas de nossas vidas.
A importância de saber "controlar o tempo" fará toda diferença no dia a dia. Posso parar o tempo? Voltar no tempo? Não! Mas posso "Administrar o tempo".
Para que meu dia seja mais produtivo e não se perca com tarefas acumuladas de dias anteriores eu preciso ter controle sobre o tempo.
Saber avaliar o que é prioridade e o que é desnecessário, organizar os horários, anotar tarefas, ... são muitas as dicas para que esta administração o torne mais produtivo.
Incluí os blogs pelo simples fato de estarmos na blogosfera e de ter seguidores que administram muito bem vários blogs e alguns que tem apenas um blog e tem dificuldade de administrá-lo. Não estou falando de qualidade e sim de tempo. Pra quem é "do lar" e cuida da casa. Pra quem estuda, principalmente em época de provas e tem trabalhos a serem entregues. Na igreja como um obreiro na casa de DEUS onde vejo pastores sobre carregados e que não tem tempo pra fazer tarefas importantes por estarem envolvidos com coisas que naquele momento não teria tanta prioridade.
Enfim, o assunto é extenso. Toda esta introdução é para somente recomendar um livro (entre tantos) que estou lendo que dá boas dicas de como "controlar o tempo" administrando bem e tornando-se mais produtivo.
Faz tempo que não posto livros aqui no blog. Recomendo hoje o livro "Seja Mais Produtivo" de Luciano Larrossa do site "EscolaFreeLancer". Este livro retrata tudo que citamos acima e tem como base auxiliar aqueles que precisam tornar seu dia melhor com suas produtividades. É um livro bem trabalhado que cuida dos casos desde o profissional contratado ao profissional que por sua conta trabalha, seja ele o pequeno empresário ao ambulante e o estudante a dona do lar. O livro está disponível gratuitamente no próprio site da "EscolaFreeLancer" para baixar.
Clique na imagem e baixe o livro

domingo, 4 de agosto de 2013

Tenho culpa?

Estamos atravessando uma temporada de manifestações. Grupos estão lutando por seus ideais. Igrejas, gays, funcionários públicos, estudantes, trabalhadores,... tantos reclamando que nada está bom.
A vida é engraçada... basta meditar sobre ela.
Estive pensando (faço isso as vezes) em muitas coisas ultimamente. Quando tomamos conhecimento de algo, automaticamente criamos opiniões a respeito desse algo.
Nestas manifestações, aqui no RJ, as pessoas que estão protestando querem que o governador do RJ saia do comando, consequentemente o Estado de São Paulo recentemente pediu a mesma coisa através destes protestos.
Que saia os governadores, prefeitos, deputados,vereadores, ministros,...
Parei!
Parei para pensar, pois faço isso as vezes!
Que culpa tenho nisso tudo?
Recentemente a emissora de TV SBT denunciou médicos de São Paulo que batiam ponto (cartão) e em cinco minutos saiam, ou seja, iam ao hospital público, batiam o ponto e não trabalhavam, iam embora. Alguns alegaram ser acordo com a diretoria do hospital. Lembrando que esta denuncia não é novidade e nem exclusividade de SP. Sabemos também da postura da banda podre da polícia. E claro, sabemos de outras denuncias que envolvem funcionários públicos que tornam o serviço pior do que está. É "normal" ser mau tratado em setores públicos por funcionários que acham que fazem um favor a população.
Por que Dilma (a presidenta) quer médicos de fora? Simples, nossos médicos não querem trabalhar em áreas carentes e chamadas de "fim de mundo" .
 Entendo as condições precárias existentes no serviço público, o que torna difícil pra um profissional desenvolver um bom trabalho, mas fraude e corrupção justificam ou melhoram a situação? É justo punir a população que tanto precisa?
... tanto discurso lindo e poético para isso?
Ficou comodo culpar o governo. Nossos políticos é quem não prestam!
Eles são reflexo da sociedade...
E as empresas envolvidas nos escândalos ninguém vai em suas portas protestar? São eles que aceitam ou oferecem a proposta indecente. Serão estes empresários e servidores públicos pais destes manifestantes? Sendo assim, por que não manifestar dentro de casa, protestar contra a postura imunda dos pais?
As vezes penso...
A culpa não é apenas de nossos políticos, mas sim de cada um de nós dentro da sociedade.
"Talvez seja o momento para sairmos em passeata gritando "queremos nossos deveres!". Acredito que aí sim este país melhora, pois se todos exercerem direitinho seus deveres ninguém terá do que reclamar."

.

.

.

.