UA-39063185-1 Trocando uma ideia: Debate na Band 2014

"O problema não é você estar preso ,e sim o que você faz com a liberdade !!!"

Diga não ao bloqueio de blogs
"O problema não é você estar preso ,e sim o que você faz com a liberdade !!!"

Digite seu E-mail e receba as atualizações deste Blog

Você poderá gostar também de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sábado, 30 de agosto de 2014

Debate na Band 2014

"Para pensar diferente é preciso estar atento: ao seu inconsciente, aos arredores e até as opiniões de fora. Afinal, as ideias só aparecem para quem procura." Revista Super Interessante
Os candidatos a presidência da República vem em horário eleitoral gratuito apresentando suas propostas e críticas, claro que nestas propagandas, o texto trabalhado e decorado. Já em entrevista a coisa flui diferente, e na hora, ou sabe ou se esquiva! Acredito na importância da entrevista por este ponto forte, onde se fica claro quem é cada um e ao que veio. Fiquei surpreso com este debate, por uns acontecimentos estranhos no decorrer do que foi apresentado, o que me preocupou em relação a posição de nossos partidos políticos.
Falamos este ano da falência da educação, hospitais, segurança, time e seleção de futebol,... tudo a desejar.
E neste debate transmitido pela Band, vi que em nossos partidos políticos também há deficiência. O que considero grave é o cargo pretendido, que é o da Presidência da Republica. Nos acostumamos a ver candidatos a vereador, deputado, prefeito e até governador sem qualificação, o que é ruim, mas ver candidatos a presidência foi de doer. Foi o que este debate mostrou, candidatos desqualificados a um cargo muito importante para nossa nação.
Pastor Everaldo.
Este não sabe ao que veio. Não soube responder as questões, o que mostra despreparo total. Criou o bordão de tem que privatizar tudo, algo como diz na musica de Raul Seixa " a solução é alugar o Brasil". Lembrou aquele aluno que não sabia nada da prova. Em momentos achou que aquele púlpito de entrevista era um altar. Foi o que mais demostrou despreparo, principalmente porque já exerce um cargo importante na sociedade, o de pastor, onde lidera uma parte da camada social. Deveria ter seguido os mandamentos bíblicos e se preparado melhor. Me decepcionei em saber que Silas Malafaia, a quem tenho muito carinho, apoia alguém deste nível ainda comendo papinha.
Eduardo jorge.
O mais zuado na net. Representante do PV (Partido Verde). Assumido defensor da liberação do consumo da maconha. Parecia ter fumado um baseado antes da entrevista (só parecia?). Não apresentou nada de concreto e nem superficial. Apenas viajou no efeito do baseado. Esse era o melhor que o PV pode colocar nesta disputa importante? Era o que eles tinham de melhor? Em seu espaço nas propagandas eleitorais, faz propaganda de seu site com suas ideias alegando tempo curto. Observando ele, concordo com Marina quando criticou os partidos de hoje, alegando que precisamos de novos partidos pelos atuais estarem sucateados.
Luciana Genro.
A menina do Psol com discursos do PT de uma época em que se tentava eleger Lula a presidência, ou seja, não trouxe nada de novo, se colocou como a defensora dos "frascos e comprimidos" que já nos acostumamos a ver no PT. Veio para criticar o governo mas não trouxe propostas, a defensora das minorias que na verdade não são tão minoria assim.
Levy fidelix.
Tentou ser bom em relatórios apresentando estatísticas, ao qual Dilma soube confrontar. Suas propostas não foram vistas. Tentou ser engraçado, mas não conseguiu. Sua presença no debate não fez diferença, pelo contrario, o gordinho esquema e nada eram a mesma coisa.
Marina da Silva.
Lutou para colocar seu novo partido na disputa e não conseguiu, mas por ironia do destino, ou como creem alguns, por ação de DEUS, ela entrou na disputa. Não mudou seu discurso que é o mesmo de todas as disputas que concorre. Soube confrontar Dilma e apresentou alguma coisa, pouca, mas apresentou. Talvez por isso tem crescido nas pesquisas. Ainda não sei como diferenciar se ela é uma mulher de pulso forte ou ditadora.  Ao contrario de Luciana, Marina não vem como a defensora dos "frascos e comprimidos", mas apresentou amadurecimento e conhecimento da máquina administrativa brasileira. Acho que ficamos sem muitas opções ao analisarmos os outros candidatos, ou é Dilma ou Marina.
Aecio Neves.
O tucano foi muito confundido pela Dilma com o FHC (o ex-presidente tucano), o que ele recebeu como elogio. É um homem inteligente, mas a vaidade o derrubou. Talvez por ver a incapacidade dos outros candidatos tenha aberto a champanhe antes do tempo. Seguro demais sorria o tempo todo, se esquecendo o que tinha que fazer no debate. Faltou apresentar e confrontar mais os adversários. Precisa se focar mais.
Dilma Rousself.
A presidenta, como ela quis assim ser chamada. Como tenta a reeleição, lógico que vende a historia do brasil perfeito. Tudo está bom. A petista vem sendo questionada sobre a sujeirada em que se encontra o PT e as vezes é confundida com Lula. Pretende dar continuidade as melhorias que vem feito. Soube se esquivar e criou desconforto a candidatos despreparados que não souberam lhe responder. Não traz nada de novo. Mostrou ser conhecedora da máquina administrativa brasileira, o que a diferenciou muito dos demais candidatos fora Marina.

Pra quem viu o debate ficou claro que nossos partidos políticos precisam ser renovados como apresentou Marina. Ver pessoas despreparadas como o Pastor ou sobre efeito de drogas como Eduardo e aquele velho discurso vazio de Luciana é de doer.
Houve momentos em que o jornalista Ricardo Boechat tentava segurar para não cair na gargalhada diante de alguns fatos no debate. Realmente, era de rir ou de chorar!
Vamos ver se há melhoria de comportamento nos próximos debates, nas demais emissoras de TV.
Vale lembrar que aqui não se fala sobre todo o cenário político, mas o que foi apresentado neste debate promovido pela Band e cia. Há muito ainda a ser analisado.

"É estarrecedor que se considere o plebiscito popular bolivarianismo. Então a Califórnia é bolivarianista” - Dilma
vende a historia do brasil perfeito
"Esse Brasil que a presidente Dilma acaba de mostrar, quase cinematográfico, não existe na vida das pessoas" Marina
Soube confrontar Dilma
 "O sonho de consumo dos brasileiros é morar na propaganda do PT" Aécio
É um homem inteligente, mas a vaidade o derrubou
 "Se auditar a nossa dívida, colocar ela numa ressonância, ela vai ficar magrinha que nem você" - "A Luciana não gosta de paz e amor, mas eu gosto. Paz e amor não quer dizer covardia. (...) Paz e amor são ideias de gente como Gandi, Leon Tolstoi e John Lennon" Jorge
Parecia ter fumado um baseado antes da entrevista
"Defendo o enxugamento da máquina. Vou cortar na carne. Redução do número de ministérios para 20, Vou criar o Ministério da Segurança Pública. O cidadão de bem está preso em casa" Everaldo
Foi o que mais demostrou despreparo
"Me restou bombardear a dona Marina. Eu digo, politicamente" Levy
Sua presença no debate não fez diferença
"Me permita te chamar de Everaldo, porque eu não gosto de misturar política com religião, acho isso impróprio" Luciana
A menina do Psol com discursos do PT

2 comentários:

  1. Bom dia amigo Sérgio
    A situação política do Brasil é estarrecedora. E o que temos pela frente? Candidatos despreparados com pretensões a um cargo de suma importância. E nesse cenário caótico está o povo tão despreparado quantos os que se apresentam para o pleito. Em termos políticos o nosso país precisa avançar muito. Os partidos políticos precisam focar em pessoas com conhecimento e propostas contundentes para então lançá-los No cenário político. Antes de se candidatar para um cargo eletivo o pretendente precisa ter conhecimento da ciência política. Nos resta escolher o menos pior
    Um domingo abençoado meu querido amigo
    Um grande abraço pra você

    ResponderExcluir
  2. Oi, Sérgio!
    Falando sobre capacidade administrativa, não podemos esquecer que Aécio foi governador duas vezes e que em Minas Gerais quem não vota nele, vota na Marina (depois da morte do Eduardo) - Acho muito estranho essa reviravolta política porque penso que o brasileiro não vota com a razão. Sobre vaidade, Aécio é risonho assim mesmo, assim como foi o seu avô. Pega um vídeo do Tancredo no youtube e veja.
    Outra coisa que me preocupa são dizeres como: Voto em qualquer um que tire o pt do governo. Se a Dilma tivesse feito bons governos, eu votaria nela independente do partido. Mas ela teve oportunidade por anos seguidos e como dizem alguns comentaristas políticos; ela foi um "poste" - A diplomacia brasileira é de fazer rir. Voto no Aécio, independente do partido dele, mas por sua capacidade administrativa.
    Beijus,

    ResponderExcluir

.

.

.

.