UA-39063185-1 Trocando uma ideia: De quem é a festa?

"O problema não é você estar preso ,e sim o que você faz com a liberdade !!!"

Diga não ao bloqueio de blogs
"O problema não é você estar preso ,e sim o que você faz com a liberdade !!!"

Digite seu E-mail e receba as atualizações deste Blog

Você poderá gostar também de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

De quem é a festa?

E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade.  João 1:14
O tempo voa. Passa rápido.
E mais uma vez estamos nós aqui festejando mais um fim de ano.
Começamos estas comemorações finais com o 25 de Dezembro, é Natal !!!
O mundo está em festa.
O mercado capitalista fatura. O bom velhinho vende.
Ele encanta, mantém a magia do Natal de pé.
Por outro lado, o cristianismo ergue sua bandeira. É aniversário de Jesus (simbolicamente)!
Jesus o amigo mais oculto de todos os tempos. Para muitos ainda não foi revelado.
- ... meu amigo oculto é:...
O cristianismo traz à memoria e ao cotidiano os ensinamentos do filho do carpinteiro José e Maria, a virgem santa.
Este Jesus, o homem de Nazaré, o Messias, Deus conosco,... aquele que seu pai deu em sacrifício por nos. O verbo se fez carne.
Desceu a mansão dos mortos e ressuscitou ao terceiro dia.
Jesus foi e continua sendo aquele que nos traz a salvação, que nos aproxima de DEUS. Através dele chegamos a DEUS. Em seu nome vivemos milagres. Nos ensinou entre muitas coisas a vencer nosso pior inimigo. O nosso ego, a nossa vaidade, aquele hipocrisia diária que praticamos,... negar a si mesmo a cada dia.
Jesus trouxe de volta o bom senso, a ética, o amor, ... valores já estabelecidos por DEUS e que se perde no tempo a cada geração.
Na corrida consumista onde lembramos de todos os presentes, bebidas e comidas das mais variadas e deliciosas receitas nos esquecemos de importantes valores, valores estes que Jesus nos lembra até os dias de hoje.
... e nos esquecemos dele!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

.

.

.

.