UA-39063185-1 Trocando uma ideia: Impeachman (de novo)?

"O problema não é você estar preso ,e sim o que você faz com a liberdade !!!"

Diga não ao bloqueio de blogs
"O problema não é você estar preso ,e sim o que você faz com a liberdade !!!"

Digite seu E-mail e receba as atualizações deste Blog

Você poderá gostar também de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

domingo, 16 de agosto de 2015

Impeachman (de novo)?



O vídeo é forte. Pena que ele está usando para uma campanha anti -PT.

Gente, muda as moscas mas a defecação é a mesma. Para mim fica difícil o slogan de que cristão vota em cristão, tendo como exemplo alguns nomes de cristãos famosos envolvidos em sujeiras políticas.

Não basta mudar os líderes, é preciso mudar o sistema e a cultura do povo em relação ao poder público.

Tiraram o Collor na marra, o que mudou?

Vamos repetir o erro?

Tirem Dilma e o PT, quem entra? Qual a proposta? Qual a previsão e estratégia para no mínimo reduzir a crise?

...é, deixamos de fazer algumas perguntas importantes sobre o que nos induzem a fazer. Paramos de raciocinar?

O problema que nosso país enfrenta hoje não será resolvido em quatro ou oito anos.

Este é um tempo para se deixar as emoções de lado e analisar todas as propostas.

A fé é algo inteligente.




Obs: não sou petista.

2 comentários:

  1. Devo rebater em parte só a ultima parte do seu texto: a fé não é algo totalmente inteligente, ela é algo que se resume a sí, é poderosa, é grande e demais derivados, mas não provida de raciocínio, ela é algo que descarta o raciocínio de a razão, tal qual quando Jesus fazia feitos que fogem de nosso entendimento.
    Mas com o passar dos anos, a fé foi utilizada por líderes religiosos como esse cara para que as pessoas sigam de maneira cega e inquestionável argumentos que eles dizem ser sagrados, do qual eles dizem ser vazos, nisso resultando em evangélicos "assumindo coisas do mundo como a política" semelhante a uma gangue.

    ResponderExcluir
  2. Ah sim, seria interessante o Sr ter colocado o vídeo do Malafaia ai.

    ResponderExcluir

.

.

.

.